segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Primo da Governadora Roseana Sarney era um dos principais membros da organização criminosa de Paço do Lumiar presa pela Federal.

O lobista Luis Carlos Teixeira de Freitas.

Apontado como lobista, praticante de tráfico de influência, agenciador de empresas para figurarem facilidades, Luís Carlos Teixeira de Freitas, primo da governadora Roseana Sarney (PMDB), e do presidente reeleito da OAB-MA, Mário Macieira, foi preso na Operação Alien, da Polícia Federal após investigação da qual mostrou seus tentáculos no esquema que desviou milhões de recursos oriundos do Governo Federal.

Luis Carlos Teixeira foi classificado nos documentos da PF obtidos com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, como “membro de organização criminosa”. Além disto, ele aparece em conversa com o vice-prefeito eleito de Igarapé Grande, Erlânio Luna Xavier, mostrando-se preocupado com a construtora Luna Xavier, que teve participação ativa no esquema.

Um relatório feito pelo delegado Felipe Cardoso Soares que comandou as investigações sob o ‘lobista’ integrante da organização especializada que atuava na prefeitura de Paço do Lumiar para fraudar licitações, aponta que houve formação de quadrilha entre os envolvidos e acusa o primo de Roseana, Luis Carlos Teixeira e toda (ORCRIM) de outros crimes.

O delegado Felipe Cardoso concentrou sua investigação em depoimentos de testemunhas, documentos apreendidos e interceptacões telefônicas, que foram fundamentais para colocar a tornozeleira eletrônica no primo da governadora, e do presidente da OAB/MA.

‘Depois do que foi analisado, foi constatado que Luis Carlos Teixeira tem participação na organização criminosa’, diz o texto da representação. Ele é acusado de formação de quadrilha.

Por Neto Ferreira/blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário