sábado, 30 de abril de 2011

Bairro do Sítio Grande em Paço do Lumiar esta intráfegavel.

Estrada do Sítio Grande em situação caótica 


Uma situação que incomoda motoristas e pedestres que trafegam na avenida Principal do Sítio Grande. A via de acesso ao bairro do Maiobão está cheia de lama e buracos, o que dificulta a vida de quem passa pelo local.
Muita lama no local

Nas fotos enviadas pelo internauta Luís de França aoImirante.com é possível constatar as precárias condições da avenida, que recentemente recebeu uma camada de asfalto.
Moradores do Sítio Grande vivem momentos de frustração devido, ao caos instalado no local, e olha que a senhora Glórismar  Rosa Venâncio, a famosa ocupante de cargo, realizou a recuperação da avenida, porém a situação continua a mesma, ninguém aguenta mais a situação de abandono que vive o município.
Moradores vivem momento de angustias devido ao descaso instalado no local.

BLOG RADAR LUMINENSE PASSANDO POR MANUTENÇÃO.

Chagas Freitas

Desde a segunda quinzena do mês de abril que o blog Radar Luminense iniciou um trabalho DE PLANEJAMENTO e manutenção do blog para corrigir alguns problemas e “atender algumas sugestões de pessoa que apreciam o nosso trabalho” afirmou Chagas Freitas editor do blog Radar Luminense. O blog passa por uma manutenção geral mas informa o editor que Radar Luminense não sairá fora do ar.

Chagas Freitas iniciou sua caminhada na blogosfera a partir do ano 2000, quando saiu da Aeronáutica e abordava temas que remetiam aos prováveis erros que culmiram com demissão de milhares de jovens militares em todo o Brasil, ele prestou serviços como Militar concursado por pouco mais de seis anos e saiu no ótimo comportamento.

As publicações de Chagas Freitas são lidas por toda a classe política luminense e demais internautas que buscam através dos blogs, informações atuais sobre Paço do Lumiar, onde o blogueiro e futuro escritor luminense ecoou a iniciativa de fazer abordagem sobre o cotidiano da política, o pioneiro na blogosfera luminense.

Chagas Freitas é ex-Detetive particular e ex-Conselheiro Tutelar de Paço do Lumiar, servidor público federal concursado(Militar desde 1994-tramita judicialmente no congresso nacional possível reintegração), por onde passa deixa sua marca, criativo e dinâmico, o ínclito blogueiro foi agraciado pela representação máxima do município de Turiaçu, com o título de cidadania turiense em 14 de junho do ano de 2010.

Chagas Freitas é daqueles que começou com o pé direito em seu objetivo de escrever seu primeiro livro e vem tendo seu trabalho potencializado e construído junto com a rede.

Desde 2000 é editor de blogs e desde 2009 é autor do blog Baixada Maranhense, onde publica diversos textos próprios e enviados por colaboradores da região e conta com um público fiel.

Em agosto de 2010 criou o blog Radar Luminense onde aborda o cotidiano político e que vem fazendo sucesso na região do município de Paço do Lumiar.

Já recebeu convites para escrever em algumas publicações e este ano chegou a hora de publicar o seu primeiro livro, Como me tornei blogueiro!

O livro de aproximadamente 52 páginas promete proporcionar uma leitura leve e um ritmo maravilhoso.

E, em todo livro, Chagas Freitas trabalha com situações vividas por ele - expectativas não tão bem correspondidas, convivência em ambientes e pessoas de temperamentos diferentes, os contratempos de um início de uma carreira profissional e a questão de se tornar naquilo a que mais combateu.

Nota da Secretária de Saúde de Paço do Lumiar, referente a materia dos alimentos com datas vencidas em supermercados do Maiobão.

MEUS CAROS LEITORES, COMO AQUI O ESPAÇO É CONCEDIDO A TODOS, A ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PREFEITURA DE PAÇO DO LUMIAR, ENTROU EM CONTATO CONOSCO, REFERENTE A MATERIA QUE PUBLICAMOS A RESPEITO DOS ALIMENTOS APREENDIDOS PELO PROCON NOS SUPERMERCADOS DO MAIOBÃO ( CLIQUE AQUI E REVEJA ), E DEMOS O DIREITO DE RESPOSTA AOS MESMOS CONFIRA:


CARO EDITOR DO BLOG DA UMESP,


A PREFEITURA DE PAÇO DO LUMIAR, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE INFORMA QUE A NOTA POSTADA NÃO CONDIZ COM A REALIDADE DOS FATOS, POIS SEGUNDO CONTATO E INFORMAÇÃO DO ÓRGÃO PROCON/MA, OS SUPERMERCADOS VISTORIADOS NÃO ESTÃO LOCALIZADOS NO MUNICÍPIO DE PAÇO DO LUMIAR E SIM EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR, DIFERENTE DA INFORMAÇÃO POSTADA NO BLOG. INFORMA AINDA QUE A SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA FISCALIZAÇÃO SISTEMÁTICA EM TODOS OS ESTABELECIMENTOS DO MUNICÍPIO, PREOCUPANDO-SE SEMPRE COM A SAÚDE DA POPULAÇÃO LUMINENSE E PARA QUE ESSE TRABALHO FOSSE FEITO DE FORMA MAIS EFICAZ, A PREFEITURA ADQUIRIU UM CARRO EXCLUSIVO PARA O TRABALHO DE FISCALIZAÇÃO QUE É REALIZADO PELA COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. 

MAIOBÃO UM GRANDE CENÁRIO DE DESTRUIÇÃO.

Conjunto habitacional construído pelo governo do estado no município de Paço do Lumiar convive com infraestrutura precária, agravada pela explosão populacional em seu entorno.
Buraco da Prefeita ao lado da Delegacia do Maiobão.
Inaugurado em junho de 1982, o bairro do Maiobão – o maior do município de Paço do Lumiar – cidade localizada dentro do perímetro que abrange a Grande São Luís (a aproximadamente 30 quilômetros do centro da capital), vem passando por situações que caracterizam abandono da administração municipal. Nas principais vias, crateras que impedem até mesmo dos moradores entrarem ou saírem de casa em dias de chuva. A saída é dormir na rua, ou ficar ilhado dentro de casa, dependendo do tempo da ação da natureza. Em outros casos, ambulâncias já foram impedidas de prestar socorro médico, tendo que retirar pacientes no braço e escalar obstáculos indesejáveis. Acidentes nestas áreas de riscos já se tornaram rotina. O cenário é bem diferente do que era visto há 29 anos, quando ocorreu a inauguração oficial do conjunto, segundo conta antigos moradores. 
O contraste estrutural é avaliado por quem representa a comunidade através da liderança na União dos Moradores do Maiobão, a atual presidente Rosangela Maria Santos Ribeiro, 28 anos, que já vive no espaço há mais de duas décadas. Por coincidência, ou não, nasceu no mesmo ano em que o bairro foi fundado. Ela lembra que as ruas, na época completamente asfaltadas e que asseguravam o tráfego a pedestres e motoristas, hoje em dia têm se tornado armadilhas para quem transita no local. Segundo ela, os hospitais e prontos-socorros que existiam na década de 1980, por menor e menos estruturados que fossem funcionavam quando um morador precisava. “Agora você pode é morrer que ninguém vem. Outro dia uma senhora foi atropelada próxima a um supermercado e esperou mais de 1h40 para que o atendimento chegasse. Depois desse fato, parece que a prefeitura já disponibilizou três vans”, analisou.


Av. 07, uma verdadeira buraqueira.


O exemplo da emboscada é citada por Rosangela, como a do carro que caiu na via Projetada, Nº 143, resultando em danos a saúde e ao financeiro do motorista e passageiros que se encontravam no interior de um veículo da marca Ford Fiesta, no início desta semana. Na mesma via do acidente, mais de 10 famílias que residem neste espaço clamam por atenção e piedade da administração da prefeitura e já ameaçam recorrer à Justiça. As situações de pedido de socorro são, dentre elas, a erosão do solo de mais de dois metros de profundeza, no meio da rua, a destruição parcial das calçadas e o agravante, dois postes de energia elétrica que ameaçam cair sobre as casas. A preocupação ainda é maior, em casos de chuva, quando a rua fica completamente alagada, escondendo as crateras, devido a fortes correntezas da água. Outros riscos questionados são os dos postes que estão prestes a desabar, entre eles um que está amarrado com um cabo de aço.


Rua 112 do Maiobão.

Quem mora no local afirma já ter presenciado diversas cenas de pânico e terror ao observarem crianças, idosos e jovens caírem nos buracos criados pela natureza e pela má conservação da prefeitura e de alguns populares que ainda contribuem utilizando o local como depósito de lixo. Devido ao armazenamento irregular dos lixos e dejetos, os riscos de doenças ainda se tornam mais propicio para quem vive naquela região. “A gente não pode fazer nada, tem que se acostumar e se proteger com que podemos”, enfatiza a moradora do bairro Ana Cleía Silva que passa na rua no momento da apuração da reportagem.
Residente da Rua Projetada nº145, dona Alba Feitosa, 42, autônoma, proprietária de uma van de transportes disse que já dormiu diversas vezes com as filhas dentro do veículo à espera da chuva passar, e da água da chuva escoar toda, para que a família conseguisse entrar em casa. Segundo ela, o dilema é constante e toda vez que está chovendo no bairro ela liga para uma das filhas e pede para que elas procurem casa de parentes ou amigos para se proteger, pois além da rua, a casa sempre alaga e com o excesso de buraco é impossível circular nela sem um risco de acidente. “No local onde o carro caiu, vira uma piscina. As pessoas caem, quebram braços, pernas e ainda correm o risco de morrer afogado, em caso de crianças e idosos. Isso aqui está horrível”, ressalta Alba.



Por Dyego Rodrigues / O Impacial

Onde esta o Restaurante Popular de Paço do Lumiar ?

Segundo informações de bastidores, dão conta que o Restaurante Popular de Paço do Lumiar, supostamente esta localizado no maiobão, porém não conseguimos encontra-lo para almoçar nele. Iremos investigar a fundo nos buracos do maiobão, para ver se conseguimos encontra-lo, também pedimos ajuda aos nobres leitores deste blog, referente a esta noticia, quem souber o paradeiro do Restaurante Popular de Paço do Lumiar, por favor enviem alguma imagem no sentido de nos ajudar a localiza-lo.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Moradores da Pindoba em Paço do Lumiar denunciam ter sido intimidados por homens do GTA

Representantes da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos advogados do Brasil (OAB-MA) 

Moradores da comunidade da Pindoba, em Paço do Lumiar, estiveram reunidos na tarde de ontem com representantes da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos advogados do Brasil (OAB-MA) e do Núcleo de Moradia e Defesa Fundiária da Defensoria Pública do Estado (DPE), para discutir sobre o que eles consideram como tentativa de intimidação à localidade, realizada por homens do Grupo Tático Aéreo (GTA), no último dia 18. De acordo com a comunidade, a ação dos policiais foi semelhante a que era adotada por jagunços contratados por donos de empresas com os quais disputam um conflito na Justiça, pela posse das terras.
De acordo com a presidente da Associação dos Moradores da Pindoba, Maria da Conceição Almeida, no último dia 18, helicópteros do GTA sobrevoaram, em baixa altitude, áreas agrícolas e residenciais da comunidade, com homens armados, espalhando terror na população. Amedrontados, os moradores tentaram obter alguma explicação junto aos policiais de o porquê da ação, mas não tiveram respostas. Segundo Maria da Conceição, dois dias antes da ação do GTA, ela recebeu um telefonema de uma pessoa não identificada que afirmava não ter esquecido a comunidade e que em breve algo seria feito.
Dias depois, outro morador da área lhe informou ter recebido a ligação do proprietário da empresa Enciza Engenharia, identificado apenas como Lauro, afirmando que o ocorrido teria sido pouco perto do que ainda viria a acontecer. “A população ficou em pânico. Devido à baixa altitude do helicóptero, plantações e até o telhado da Associação foram danificados. Poderia ter acontecido coisa mais grave, mas o que eles queriam mesmo era nos intimidar e amedrontar”, declarou a presidente.
Registro feito por moradores da presença da aeronave do GTA
Para o defensor público Alberto Tavares, titular do Núcleo de Moradia e Defesa Fundiária da Defensoria Pública do Estado, o secretário de Segurança do Estado, Aluísio Mendes, precisa explicar qual o motivo da realização de tal operação. “Nós já enviamos um ofício para a Secretaria de Segurança Pública cobrando esclarecimentos, mas até o momento não obtivemos resposta”, declarou o defensor.
O advogado Rafael Silva, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-MA, informou que dias antes do ocorrido foi procurado, na própria sede da instituição, pelo proprietário da Enciza Engenharia. Na ocasião, ele teria proposto um acordo para findar o conflito na área. O empresário teria se comprometido a abrir mão das terras onde vive a comunidade em troca de ter o direito de possuir o restante da área, que não é de interesse das famílias. Na época, segundo Rafael, o proprietário foi informado de que precisaria anexar tal proposta nas laudas do processo, o que ele não fez. “Ele me garantiu, categoricamente, que não queria mais nada das terras ocupadas pelas famílias e que não iria mais importunar a comunidade. No dia em que o GTA sobrevoou a área, tornei a falar com ele, que me garantiu não ter nada a ver com o incidente. Agora vamos mandar um ofício para o comando geral, pedindo explicações sobre o fato”, explicou.
Já o delegado Agrário, Newton Correia, que também participou da reunião, ao ser questionado sobre qual medida poderia tomar a respeito do caso, informou que por enquanto nada poderia fazer. “O Estado precisa ser questionado primeiro. Não é só aqui que o GTA sobrevoa. Essa pode ter sido uma ação de rotina deles”, disse o delegado.
POR GABRIELA SARAIVA / JORNAL PEQUENO

Carmen Arôso supostamente será a vice na chapa do professor Josemar

Carmen Arôso e Josemar supostamente juntos para 2012


Parece que o desespero do ex-prefeito Gilberto Arôso em entra com seu grupo que restou na disputa do executivo de 2012, esta chegando ao fim, Informações não oficiais tão conta, que supostamente a professora Carmen Arôso será a futura vice na chapa de Josemar, o comentário já se espalha em todo município, e a repercussão é muito grande. Recebemos inúmeros e-mails, pedindo que publicássemos esta informação, tentaremos entra em contato com o professor Josemar, referente a esta noticia. Pois para alguns analistas da política luminense, se o fato for verídico, já decretam o suicídio político do professor Josemar, tudo por que o mesmo tem como bandeira de luta a oposição contra os arôsos. 

TCE poderá punir prefeitura de São Luís e de Paço do Lumiar por descumprimento da Lei da Transparência

A administração do município de São Luís poderá ser penalizada pelo Tribunal de Contas do Estado por descumprimento da lei que obriga a disponibilização via internet das informações referentes às receitas e despesas orçamentárias. O TCE julgará em breve representação do Ministério Público de Contas (MPC), protocolada em setembro do ano passado, pedindo aplicação das sanções cabíveis à prefeitura de São Luís e mais sete municípios maranhenses pelo descumprimento da lei.


Desde maio de 2010, eles deveriam ter criado seus portais da transparência, de acordo com o que determina a Lei Complementar nº 131, de maio de 2009. Criada como reforço à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) no que se refere à transparência da gestão pública, a lei garante o acesso da população, em tempo real, aos dados da execução orçamentária.


A lei estabelece o prazo de um ano para os municípios acima de 100.000 habitantes, Estados e a União disponibilizarem os dados, dois anos para os municípios acima de 50.000 habitantes e quatro anos para os demais.


De setembro até agora, os municípios de São José de Ribamar, Caxias, Imperatriz, Codó, Timon e Açailândia, citados na representação, se adequaram à lei e criaram os portais, disponibilizado seus dados na página do município, ainda que com um atraso de quase um ano, em alguns casos. (Confira endereços no final da matéria):


Com isso, somente as prefeituras de São Luís e Paço do Lumiar continuam descumprindo a norma federal. A Lei Orgânica do TCE prevê a comunicação ao Estado e à União, para a adoção das medidas cabíveis em cada esfera, além do pagamento de multa, que pode chegar aos R$ 100 mil. Entre as sanções previstas está a impossibilidade de receber transferências voluntárias.


As medidas punitivas do TCE já foram tomadas com relação à prefeitura de Paço do Lumiar. O pleno do TCE julgou a representação do MPC na sessão da última quarta-feira (27) e decidiu por unanimidade acatar a recomendações no que se refere à penalização.


A partir de maio, a lei passa a valer também para os municípios de população entre 50 e 100 mil habitantes. São eles, Grajaú, Santa Luzia, Buriticupu, Pinheiro, Santa Inês, Itapecuru Mirim, Coroatá, Chapadinha, Barreirinhas e Balsas. “Vamos continuar monitorando o cumprimento de uma lei que atende a um direito fundamental da população, contribuindo para o controle social da gestão pública”, observa o procurador geral de Contas, Jairo Cavalcanti Vieira.


Ele lembra que não basta ao gestor criar o portal no site oficial do ente federativo, é necessário que os dados correspondam ao que a lei estabelece e sejam atualizados em tempo real, cabendo aos Tribunais avaliar também a qualidade das informações disponibilizadas. O portal do município de Codó, por exemplo, não traz as informações exigidas pela lei, que a prefeitura optou por hospedar no endereço
http:// gestaopublicatransparente.com.br/aspecgpt/ , não divulgado na página oficial.


Confira o endereço dos portais:


São José de Ribamar: http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/transparencia/noticias-relacionadas/


Caxias: http://caxias.ma.gov.br/governo/transparencia,


Imperatriz: http://www.imperatriz.ma.gov.br/Prefeitura/institucional/transparencia/


Timon: http://www.cgmtimon.ma.gov.br/portal_transparencia/


Açailândia: http://www.acailandia.ma.gov.br/2010/index.php?op=portalT


Codó: http://www.codo.ma.gov.br/?pg=transparencia

(Site do TCE/MA)

Qual é a formação da Secretária de Saúde ficha suja de Paço do Lumiar?

Maurie Anne
Secretária de Saúde de Paço do Lumiar

Bom, pergunta não ofende ninguém! Porém estamos curiosos para saber qual é a formação da Secretária de Saúde ficha suja, Maurie Anne Mendes Moura, aquela citada como integrante de uma quadrilha que desviou mais de UM MILHÃO do município de Pirapemas (clique aqui e reveja). Pois comentários maldosos falam que supostamente a mesma não tem nenhuma formação, mas mesmo assim comanda a pasta da saúde do município.

BREVE ANÁLISE SOBRE O CENÁRIO POLÍTICO DE PAÇO DO LUMIAR

Wellington Sousa -  Advogado e Presidente do PSB em Paço do Lumiar - MA


No início dos anos noventa, quando, ainda menino, cheguei para morar no Maiobão, já convivia de perto com as questões política de Paço do Lumiar acompanhando a atuação do meu irmão (Sousaugusto) desde então filiado ao PSB. Morando na Rua 53, confesso que passei certo tempo apenas assistindo aos embates políticos (tempo esse em que me dediquei à UFMA como estudante de Direito e à UEMA como acadêmico de História). De lá pra cá percebo que quase nada mudou na política luminense (não falo da sucessão de pessoas, falo dos modelos esquerdista e direitista). Diante dessa situação tornou-se insuportável ficar apenas como espectador e resolvemos participar efetivamente desse processo político e, hoje, estamos na Direção do Partido Socialista Brasileiro – PSB, em Paço do Lumiar, na intenção de contribuir para a construção de um novo cenário político.
Analisando-se o cenário político atual de Paço do Lumiar chega-se à conclusão de que tanto o modelo da situação quanto o modelo oposicionista fracassaram e não encontram no âmbito da sociedade luminense, já bem informada e politizada, aceitação necessária para se manterem.
A história política de Paço do Lumiar, nos últimos 20 anos, tem sido o embate entre o discurso oposicionista de repulsa aos “Arôso” e o discurso direitista daqueles que não admitem o princípio máximo da Democracia que é a alternância do poder.
A sociedade luminense, já faz tempo, repudia esses dois discursos e espera por mudanças, por renovação inclusive no pleito que se avizinha.  Não se admite que o discurso oposicionista se restrinja apenas à crítica radical, pessoal e, por vezes, sem conteúdo quando substitui o diálogo pela prepotência, quando se omite no debate mais elevado e profundo, quando macula o embate político com baixarias, quando propositadamente prefere combater “sobrenomes” do que idéias; pessoas do que práticas de governo, etc.
De outro lado, os governos que se sucedem não conseguem atender às demandas mínimas da população. A regra tem sido a decepção, o abandono, a ausência de infra-estrutura, a precariedade do serviço de saúde, de educação, de transporte, etc. A máquina administrativa esbarra nos atropelos dos gestores (seja por má-fé ou por incompetência mesmo); no atrelamento de cargos a partidos políticos, a grupos e supostas lideranças que elegem como prioritários seus interesses particulares, aviltando o interesse coletivo.
No que pesem as dificuldades financeiras que os pequenos e médios municípios estão enfrentando (não podemos negar essa realidade, que afeta também Paço do Lumiar), é possível administrar de forma diferente. Nosso Município tem enorme possibilidade de propiciar à sua população melhores condições de vida. Nosso Paço tem jeito. Tem jeito sim.
Como superar, então, essa situação anacrônica, esse embate estéril que, longe de contribuir para o avanço do nosso Município, tem feito estancar nosso desenvolvimento? A resposta não é tão simples, mas, sem dúvida, só se mudará o destino de nossa gente com a renovação da classe política, com o surgimento de um novo discurso oposicionista responsável, agregador e provido de valores que passam, antes de tudo, pelo desejo sincero de se transformar Paço do Lumiar em um lugar digno para se viver.
Enquanto a oposição nutrir o discurso do “quanto pior melhor”, enquanto se satisfazer com o parangolé  “à beira do buraco  devorador de automóvel”, nada mudará. O povo continuará órfão de novas e bem intencionadas lideranças e o governo permanecerá a desdenhar do nosso discurso oposicionista, de nossa insatisfação, de nossa angústia, dos nossos sonhos por um Paço decente.


Por Wellington Sousa 

Ocupante de cargo Bia Venâncio quer tentar a reeleição a todo custo

Prefeita Regueira Bia Venâncio
Diante das informações que recebemos a ocupante de cargo Bia Venâncio que se diz prefeita de Paço do Lumiar, vai tentar a todo custo uma reeleição, e a movimentação do seu grupo nos bastidores é muito grande para tentar reverter à péssima imagem da ocupante de cargo. Parece que a maezona chorona vem ai, com o discurso que foi perseguida por seus adversários políticos e que é vitima de uma armação. Iremos ficar atentos a toda a movimentação deste pessoal, não podemos de maneira nenhuma, permitir que a ocupante de cargo volte novamente ao comando desta prefeitura, pedimos aos nossos leitores que enviem para o nosso e-mail: umesp2001@hotmail.com, mais informações referentes a esta senhora, e que se possível, depois de analise do conteúdo iremos publicar.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Procon apreende alimentos com data de validade vencida em supermecado do Maiobão

Uma denúncia recebida na sede da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon-MA) levou os fiscais do órgão a apreender diversos alimentos com a data de validade vencida em um supermercado do Maiobão (município de Paço do Lumiar), na Região Metropolitana de São Luís.


Alimentos apreendidos

Um consumidor, que se sentiu lesado por ter comprado um produto vencido foi quem fez a denúncia na sede Procon-MA, órgão vinculado à Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedihc). Uma comitiva, composta por oito fiscais, investigou as suspeitas e confirmou as irregularidades. Foi constatada a permanência de vários produtos vencidos nas prateleiras com o prazo de validade vencido. Por esta causa, o supermercado foi autuado e os alimentos apreendidos.
Durante a fiscalização, foram verificados se todos os produtos apresentados ao consumidor nas prateleiras estavam com os preços afixados e se o valor era o mesmo cobrado no caixa, procedimento que normalmente são realizados nesse tipo de operação. No caso desse supermercado, o único problema era relacionado a produtos com data de validade vencida.
"O Procon-MA é uma ferramenta importante para a defesa dos direitos do consumidor; deve ser sempre procurado quando alguém se sentir lesado, como foi o caso desse consumidor que denunciou o supermercado" explicou o supervisor de Fiscalização, José Valdeci Silva.
Os consumidores podem fazer denúncias, das 13h às 18h, na sede do órgão (Avenida Getúlio Vargas, Monte Castelo), nos Vivas espalhados por São Luís ou pelo fone: (98) 3231-2464.

Fonte: Jornal Pequeno

Moradores de Paço do Lumiar entregam dossiê sobre Bia Aroso

Prefeita Bia Arôso
Vários moradores de Paço do Lumiar, encaminharam um documento em forma de dossiê ao Presidente do Tribunal de Justiça Desembargador Jamil de Miranda Gedeon, que foi recebido em 19 de abril, pela assessora do Presidente Dra. Buna. No documento eles alegam que nos últimos três anos o municipio de Paço do Lumiar passa por uma crise generalisada. Na àrea da saude, os postos médicos funcionam precariamente, que não existe atendimento especializado, pois quando precisam tem que recorrem para São Luís, argumentam ainda que não é admissivel que um municipio do porte de Paço do Lumiar com uma população com mais de 100 mil habitantes não disponha de uma maternidade. Na educação eles afirmam que a situação é precária, muitas das vezes as escolas não tem merenda escolar e quando tem não é de boa qualidade, citam que centanas de crianças se encontram fora da sala de aula, pois nos últimos dez anos não foram construídas nenhuma escola. Eles alegam também que durante a gestão da prefeita Bia Aroso, a prefeitura já recebeu do Governo Federal a importância de 120.438.000,00 R$ (cento e vinte milhões e quatrocentos e trinta mil reais), que não sabem o que foi feito com todo esse dinheiro, pois não foi feito nenhum beneficio no municipio que justificasse tal gasto. Eles completam:

Sr. Presidente todo esse descaso tem gerado várias denuncias contra a prefeita Bia Aroso por parte de cidadãos de Paço do Lumiar, através da Promotoria que tem acatado e encaminhado ao Poder Judiciário e que resultou nos seguintes processos:

01- Processo Nº 6252010 data de abertura 30/04/2010;
Envolve a prefeita Bia Aroso e o Sr. Noé Santos Rodrigues, que insatisfeito com o baixo salário que recebia na prefeitura, denunciou na Promotoria de Paço do Lumiar que tinha negociado com a candidata a prefeita na época da campanha eleitoral um emprego na prefeitura, doando-lhe um cheque. Baseada no bojo das provas que constam no processo, Dra Jaqueline Caracas , Juíza da Comarca de Paço do Lumiar, determinou imediatamente o afastamento da Sra. Bia Aroso do cargo de Prefeita Municipal de Paço do Lumiar. A Prefeita recorreu ao Tribunal e conseguiu suspender a liminar. Os denunciantes pedem urgência no julgamento do mérito do processo.

02- Processo Nº 6242010 data de abertura 30/04/2010;
O Ministério Público pede a perda da função pública da Prefeita Bia Aroso por ter usado a máquina pública para empregar de forma irregular 3.000 servidores sem prestação de concurso público, a maioria cabos eleitorais e patrocinadores de campanha, desrespeitando acintosamente o Art. 37 da Constituição Federal.
Os denunciantes pedem urgência no julgamento do processso.

03- Processo Nº 14892010 data de abertura 22/10/2010;
Os moradores afirmam na denuncia que este processo é a prova que a corrupção reina na prefeitura de Paço do Lumiar. o Ex-contador da prefeitura prestou depoimento na Promotoria de Paço do Lumiar, que tinha sua assinatura falsificada em vários documentos de prestação de contas da Prefeitura de Paço do Lumiar. Vários documentos foram submetidos a exames grafotécnicos que comprovaram a veracidade da denuncia. Os moradores anexaram ao documento a titulo de informação vários recortes de jornais que relatam os problemas do municipio e a cópia do depoimento do ex-secretario adjunto da Secretaria de Educação Professor Celso Marques, prestado ao GECOC(GRUPO ESTADUAL DE COMBATE ÀS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS), que inicia fazendo um relato da situação caótica que se encontram as instalações fisicas das escolas municipais. Depois ele denuncia uma quadrilha de corruptos(ladrões, criminosos) que se instalaram na Secretaria de Educação somente com objetivo de desviar(roubar) verba da educação, formada por várias empresas e funcionários do auto escalão do Poder Executivo da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar.

No final do documento os moradores pedem ao Presidente do Tribunal, que seja agilizado com a máxima urgência o julgamento dos processos que se encontram na Comarca de Paço do Lumiar contra a prefeita Bia Aroso, considerando que a corrupção continua a reinar na Administração Pública Municipal de Paço do Lumiar.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Presidente do Tribunal de Justiça pede agilidade no andamento dos processos contra a prefeita de Paço do Lumiar.

Desembargador Jamil de Miranda Gedeon Neto


O Presidente do Tribunal de Justiça Desembargador Jamil de Miranda Gedeon Neto expediu oficio Nº 2752011 de 18 de abril de 2011, para a Juiza de Paço do Lumiar Dra. Jaqueline Reis Caracas. No oficio o desembargador pede maior ação, ou seja , celeridade no andamento dos processos que tem na Comarca de Paço do Lumiar contra a prefeita Bia Aroso. A prefeita de Paço do Lumiar responde vários processos, todos representados pelo Ministério Público. As denuncias são de Enriquecimento ilicìto , desvio de recursos públicos(roubo), contratação irregular de funcionários e neptismo. A presente ação do desembargador surgiu a partir do momento que várias comunidades de Paço do Lumiar, promoveram uma grande manifestação em frente do Tribunal, pedindo um posicionamento desta Instituição em relação aos processos que correm em Paço do Lumiar contra a prefeita Bia Aroso.


Por Nonato Nogueira

Carro cai em ‘’buraco de Bia Aroso’’ em Paço do Lumiar



Centenas de pessoas assistiram a mais uma façanha proporcionada pelo descaso e omissão da gestão Bia Aroso em Paço do Lumiar no último domingo (17). Como senão bastassem as denúncias de corrupção e os inúmeros escândalos que envolvem a prefeita, os moradores do Conjunto Maiobão, um dos mais populosos de Paço, reagiram estupefactos ao fato escabroso ocorrido naquele bairro:um veículo Fiesta sendo engolido por uma enorme cratera, que no momento do acontecido foi denominada de ‘’buraco de Bia Aroso’’.



A população de Paço do Lumiar, inconformada com a permanência da prefeita no cargo, têm se manifestado de todas as formas a favor de seu afastamento, o que não veio ainda a ocorrer. Maria das Dores, moradora do conjunto, desde a época de sua fundação, mostra seu descontentamento em relação a administração da prefeita. “A Bia está ai porque a justiça do Estado do Maranhão não vale nada, ela já foi cassada, quem manda na prefeitura é o filho dela, o Thiago Aroso, que só vive viajando pra Europa, eles são bandidos, e nós estamos morrendo aqui no Paço, à míngua, esse carro que caiu é só um detalhe, aqui no município já morreu gente em buraco de esgosto, já morreu gente atravessando rua alagada, e essa prefeita ta aí lavando o dinheiro do povo dia e noite’’, afirmou.





Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte

Prefeita de Paço do Lumiar contrata empresa por 1.066.520,25 pra fazer serviços de pavimentação

Segundo informações de bastidores, a senhora Bia Venâncio, contratou através de tomada de preço a CONSTRUMAR para fazer serviços de pavimentação no povoado de Iguaíba por R$ 1.066.520,25 em 90 dias. Parece que finalmente depois de 3 anos de governo a ocupante  de cargo,  vai realizar umas obrinhas no município.   

Conjunto Maiobão esta abandonado.

Um grande buraco aberto ao lado da delegacia do maiobão


O Conjunto Maiobão um dos principais centro econômico de Paço do Lumiar, se encontra totalmente abandonado pelo Poder Público Municipal. Basta percorremos as principais avenidas para constarmos os buracos que breve se transformarão em crateras caso não haja uma intervenção da prefeitura. A foto ao lado mostra um carro fazendo vários desvio para não cair na buraqueira da Av. 08.


carro fazendo vários desvio para não cair na buraqueira da Av. 08

O mais estranho em tudo isso é que a atual prefeita dona Bia Aroso já vai para o terceiro ano de mandato e até o presente momento não temos presenciado um benefício que venha contribuir para o desenvolvimento do nosso município. Parece que toda dinheirama que é repassado para o municipio, deve cair numa conta estranha e não da prefeitura. No mês de fevereiro foi repassado pelo Governo Federal 1.996.457,54 de FPM, 2.204.035.45 de FUNDEB, 1.105.780,49 de SUS, somando um total de 5.309.815,94 é dinheiro que enganja! cadê a câmara de vereadores para fiscalizar o destino final de toda essa dinheirama.



Outra rua do maiobão em situação de total abandono




Por Nonato Nogueira.

Moradores de Paço do Lumiar pedem celeridade processual.

Prefeita de Paço do Lumiar Bia Venâncio


Representantes do “Movimento SOS Paço do Lumiar” solicitaram na quinta-feira (14/4), em reunião com a diretora geral do Tribunal de Justiça do Maranhão, Alessandra Darub, o apoio da instituição para agilizar a tramitação das ações ajuizadas pelo Ministério Público Estadual contra supostos atos de improbidade praticados pela prefeita daquele município, Bia Venâncio.
De acordo com os dirigentes do movimento, tramitam hoje na comarca de Paço do Lumiar nove ações ajuizadas pelo MPE apontando irregularidades na gestão da prefeita local, entre elas a falsificação de assinatura, publicação de leis sem aprovação da Câmara Municipal, nepotismo, contratação irregular de funcionários, falta de prestação de contas, além de descumprimento de decisão judicial.
Após ouvir dos líderes do movimento, a diretora geral do TJMA informou que “será feito um levantamento de todas as ações ajuizadas pelo Ministério Público em Paço do Lumiar contra a chefe do Executivo municipal, para que o presidente da Corte, desembargador Jamil Gedeon, possa verificar quais providências – dentro da competência do Tribunal – podem ser adotadas, tendo em vista a necessidade de se realizar a prestação jurisdicional da forma mais célere possível”.

terça-feira, 19 de abril de 2011

O CAOS DA EDUCAÇÃO EM PAÇO DO LUMIAR.

 FALTANDO POUCO MENOS DE 2 MESES PARA AS FÉRIAS OBRIGATÓRIAS DOS ESTUDANTES, PAÇO DO LUMIAR VIVE UM VERDADEIRO CAOS,AS AULAS QUE ERAM PARA TER COMEÇADO DESDE O MÊS DE FEVEREIRO, SOMENTE TIVERAM INICIO A DUAS SEMANAS ATRÁS,COM VÁRIOS PROBLEMAS,QUE VAI DE ESTRUTURA DAS ESCOLAS ATÉ A CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES E DEMAIS FUNCIONÁRIOS.

       MEDIANTE O CONCURSO PUBLICO REALIZADO NO MUNICÍPIO NO MÊS DE DEZEMBRO DO ANO PASSADO, EM RELAÇÃO A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, SÓ FORAM CONVOCADOS ALGUNS PROFESSORES MEDIANTES A PROVA DE TÍTULOS, MERENDEIRAS E ALGUNS CARGOS RELACIONADOS A EDUCAÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR.

      EM ALGUMAS ESCOLAS  JÁ SE APRESENTARAM ALGUNS APROVADOS NO CONCURSO,O PROBLEMA É QUE UMA ESCOLA NÃO DEPENDE SÓ DE MERENDEIRAS E PROFESSORES,A GRANDE MAIORIA NÃO TEM ZELADORES, SEM FALAR QUE O NUMERO DE  PROFESSORES QUE  FORAM CONVOCADOS NÃO SUPRI AS NECESSIDADES DA GRANDE MAIORIA DAS ESCOLAS QUE ESTÃO SEM FUNCIONÁRIOS.PRINCIPALMENTE NA ZONA RURAL, AS SALAS ESTÃO SEM PROFESSORES,O QUE SOBRECARREGA AINDA MAIS OS DIRETORES RESPONSÁVEL PELAS MESMAS.

     A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO QUE É RESPONSÁVEL PELA ADMISSÃO DE FUNCIONÁRIOS SÓ PEDE PACIÊNCIA AOS DIRETORES,JÁ QUE FOI APROVADO NA CÂMARA MUNICIPAL A CONTRATAÇÃO DE MAIS PESSOAS PARA ATENDER O PEDIDO DAS  ESCOLAS QUE NECESSITAM URGENTE DE MAIS SERVIDORES,ENQUANTO ISSO,PAIS QUESTIONAM A FALTA DE PROFESSORES NAS ESCOLAS COM TODO ESSE ATRASO,E PEDEM RESOLUÇÃO DO PROBLEMA O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.

     OUTRO PROBLEMA QUE ESTÁ AFLIGINDO E PREOCUPANDO OS GESTORES DAS ESCOLAS, É O FATO DE PROFESSORES QUE ESTÃO ABANDONANDO AS SALAS DE AULAS,PELA CARGA HORARIA DE 40H.TODOS OS APROVADOS NO CONCURSO SÃO OBRIGADOS A TRABALHAR 2 TURNOS CONSECUTIVOS,POR UM SALÁRIO MÍNIMO,E ISSO ESTÁ CAUSANDO DESISTÊNCIA DE ALGUNS FUNCIONÁRIOS QUE ESTÃO ENTREGANDO OS CARGOS,E ATRASANDO AINDA MAIS AS AULAS, ATRAPALHANDO ASSIM, O BOM FUNCIONAMENTO DAS ESCOLAS.OUTRO FATOR  VISÍVEL E PREOCULPANTE  É O QUE DIZ RESPEITO A ESTRUTURA PRECÁRIA NAS QUAIS ALGUMAS SE ENCONTRAM,HÁ ESCOLA SEM NENHUMA CONDIÇÃO DE FUNCIONAMENTO,SEM PISO ADEQUADO ,TETO COM RISCO DE DESABAMENTO,PINTURA GASTA...ENFIM, SÃO INÚMERAS AS RECLAMAÇÕES SOBRE ESTRUTURA DE ALGUMAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO,QUE ATÉ AGORA NADA FOI FEITO.

AS PERGUNTAS QUE ESTÃO SEM RESPOSTAS SÃO:

*PORQUE OS PROBLEMAS DAS ESCOLAS NÃO FORAM SOLUCIONADOS ANTES DO INICIO DAS AULAS?

*JÁ QUE O CONCURSO FOI FEITO EM DEZEMBRO E EM MENOS DE 1 MÊS O RESULTADO FOI DIVULGADO, PORQUE NÃO FOI RESOLVIDO ANTES A CONVOCAÇÃO E ADMISSÃO DOS CONCURSADOS?

*PORQUE AINDA NÃO CONTRATARAM NOVOS SERVIDORES , JÁ QUE FOI APROVADO PELA CÂMARA?

      A FALTA DE INFORMAÇÃO REVOLTA AINDA MAIS OS PAIS DE ALUNOS QUE PRIMAM POR UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE AOS SEUS FILHOS, SÃO PERGUNTAS QUE NUNCA TEM RESPOSTAS,E SE DUVIDAR,NEM OS PRÓPRIOS FUNCIONÁRIOS DE DENTRO DA SECRETARIA NÃO SABEM RESPONDER.
     ENQUANTO ISSO, O CAOS CONTINUA,E AS ESCOLAS COM PROBLEMAS VISÍVEIS PARA QUEM QUIZER VER.

     COMO DISSE NOSSA ILUSTRE PREFEITA DO MUNICÍPIO BIA VENÂNCIO.``SÓ PASSOU NO CONCURSO QUEM TEVE COMPETÊNCIA ``, OU SEJA,A GRANDE MAIORIA FOI CHAMADA DE INCOMPETENTE, E É ESSES INCOMPETENTES QUE ELA ESPERA QUE POSSAM MANTÉ-LA NO CARGO, JÁ QUE A MESMA É CANDIDATA A REELEIÇÃO.

ACORDA PAÇO!

sábado, 16 de abril de 2011

Desperdício de dinheiro público em Paço do Lumiar.

Av. principal da vila cafeteira. Av. que dá acesso a cafeteira no paranã
Diante do total abandono que vive o municipio de Paço do Lumiar, a prefeita Bia Aroso resolve fazer uma operação de recuperação de ruas totalmente danificadas. Primeiro temos que fazer alguns questionamentos. Será que uma empresazinha de fundo de quintal com dois funcionários é capaz de fazer um serviço de engenharia com tamanha complexidade? Queremos sim que as ruas sejam recuperadas e pavimentadas com material de qualidade e com uma empresa com experiência no ramo. Pelo que estamos observando mais uma vez o dinheiro público vai ser jogado pelo ralo, pois essas obras não resistirão até o final do inverno.


Av. principal da vila cafeteira. Av. que dá acesso a cafeteira no paranã
Mais o que deixa qualquer cidadão de bem indignado é que essas coisas acontecem e ninguém diz nada, até a própria sociedade aceita comodamente tal descaso com o bem público. A Câmara de Vereadores parece mais com o quintal da prefeita, pois ela faz o que bem quer e nenhum vereador se pronuncia. O Judiciário parece mais um manto da impunidade, pois os processos contra gestores públicos se amontuam e não são julgados, e quando são julgados com raridade pelos juízes e que as sentenças são condenatórias, eles recorrem para o tribunal das liminares e continuam gastando o dinheiro público ao seu bel prazer. O povo unido jamais será vencido, não devemos esquecer dessa frase que é muita usada nos movimentos populares.


Por Nonato Nogueira.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

O “fogo amigo” de Edilázio Júnior

11h20 - O deputado Edilázio Júnior (PV) precisa urgentemente se definir se é ou não é governo. O parlamentar de primeiro mandato na Casa durante dois dias seguidos foi visto como um aliado nada agradável com o seu “fogo amigo”.
Na discussão da última terça-feira (12), entre Magno Bacelar (PV) e Marcelo Tavares (PSB), um aspecto passou despercebido por muita gente. No calor do debate após o encerramento da sessão, presidida por Edilázio Júnior (3º secretário da Mesa Diretora), o ex-presidente da Casa Marcelo Tavares chateado com a postura de Edilázio à frente da condução dos trabalhos afirmou: “Ele me passa a informação, me entrega a denúncia e depois não tem coragem para presidir a sessão imparcialmente”.
A declaração de Marcelo Tavares foi clara, as denúncias levadas à Tribuna pelo líder da oposição, foi passada por um deputado da bancada governista, ou seja, o deputado Edilázio Júnior (foto).
A denúncia feita por Tavares foi sobre um contrato de aluguel de prédios do irmão do secretário Ricardo Murad pela Secretaria de Saúde. Os prédios são alugados pela SES desde a administração José Reinaldo, tio de Tavares. Contrato que já foi autorizado a sua rescisão pelo próprio Ricardo Murad que ressaltou que o processo de contratação do imóvel se deu na gestão anterior por necessidade de locação do prédio.
Se já não bastasse essa demonstração de infidelidade dentro do seu grupo político, Edilázio Júnior voltou a detonar membros aliados da governadora Roseana Sarney (PMDB). Na sessão desta quarta-feira (13), o alvo do “fogo amigo” do parlamentar foi o ex-secretário Filuca Mendes. “Foi o pior secretário da história do Maranhão”, declarou.
A postura de Edilázio tem irritado profundamente alguns deputados e secretários que integram o grupo político da governadora. Os insatisfeitos prometem levar a “infidelidade” à governadora e que ela tome providências e cobre um posicionamento mais transparente do jovem parlamentar.