quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Mauro Fecury terá que demitir funcionários lotados em seu gabinete ou negociar com João Alberto

Segundo suplente do senador eleito João Alberto (PMDB), o atual senador Mauro Fecury´(PMDB) irá negociar a permanência dos 50 ou mais nomes vinculados a seu gabinete parlamentar. Fecury substituiu Roseana Sarney (PMDB) no Senado quando a filha do presidente da Casa abriu a vaga para assumir o governo do Maranhão por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, TSE.

Segundo levantamento do portal Congresso em Foco, o dono do UNICEUMA tem 50 funcionários nomeados em cargos de comissão em seu gabinete. Deste, 28 prestariam serviços em Brasil e o restante no seu estado eleitoral. Pela informação do Portal da Transparência do Senado constam 56 nomes.

Até o final de janeiro, o Senado terá que exonerar pelo menos 1.062 funcionários que ocupam atualmente cargos de confiança nos gabinetes de 37 senadores que não se reelegeram em outubro. Fecury concorreu à segundo suplência do atual vice-governador do estado, João Alberto, substituindo Ildon Marques, ex-prefeito de Imperatriz. O primeiro suplente é seu filho, o deputado federal Clóvis Fecury (DEM).

As exonerações também atingirão outros 196 servidores que trabalham em secretarias da Mesa Diretora comandadas por parlamentares não reeleitos. O salário desses 1.258 funcionários comissionados, que não fazem parte do quadro fixo da Casa, varia de R$ 1,5 mil a R$ 11,3 mil. As demissões, porém, não implicarão necessariamente corte de gastos: a maioria deles será substituída por pessoas indicadas pelos novos senadores. Alguns devem continuar no Congresso por meio de indicações políticas.

Quase metade dos servidores a serem exonerados não registra o ponto em Brasília, mas nos chamados escritórios de apoio nos respectivos estados dos senadores, onde há menos controle sobre a lista de frequência dos servidores. A lista tem 542 nomes nessa condição.

Dezenove parlamentares não reeleitos têm hoje mais funcionários comissionados em suas bases eleitorais do que em Brasília. O mesmo ocorre com 20 senadores que seguirão no Senado. A prática de transferir pessoal para os estados ganha força nos anos eleitorais, como 2010. A falta de fiscalização sobre o trabalho desses servidores abre caminho para a utilização de funcionários pagos com dinheiro público como cabos eleitorais.

O levantamento do Congresso em Foco foi feito com base em dados disponíveis no Portal da Transparência, do Senado. A pesquisa não levou em conta os cargos de confiança dos gabinetes das lideranças nem os cargos comissionados da Presidência, da 2ª Secretaria e da 3ª suplência da Mesa Diretora. Haverá eleição para todos esses postos em fevereiro. Mas os senadores responsáveis por eles continuarão no mandato e poderão tentar a reeleição.

Gabinete do senador Mauro Fecury (PMDB-MA)

ADRIANA MARIA BRAGA CARVALHO

ALEXANDRE RIBEIRO APPARECIDO

AMAURY REZENDE PINHEIRO

ANA CAROLINA SIMÕES PIACESI DE SOUZA

ANNA CAROLINA BARROS NAHUZ

AUREALÚCIA BACELAR TEIXEIRA

CARLOS ALBERTO LINHARES DOMINGUEZ

CLENIR PINTO TAVARES

CLEUTON MENDES DE CARVALHO

DEBORAH CHRISTIANY DO NASCIMENTO

DINAMAR AFONSO MOREIRA

FRANCISCO INÁCIO OLIVEIRA TEIXEIRA

GIOVANA DUAILIBE DE ABREU VIETH

HELENA INÊS RODRIGUES FORTES

JANAINA MARIA GARCEZ AZEVEDO

JAQUELINE MARTINS VIEIRA

JOAQUIM GILDINO PINHEIRO MELO

JOSÉ JOAQUIM ARAGÃO PINTO

JOÃO AMARAL DE MEDEIROS FILHO

JULIANA NUNES ESCORCIO LIMA MOURA

KATHIA VANESKA SYDRIAO FERREIRA

KÉZIA RAQUEL NOGUEIRA FERREIRA

LAUDICENE DE PAULA CERQUEIRA FREITAS

LEDA MARIA SAMPAIO PINTO

LUIS AUGUSTO DE CASTRO DIOGO

MARILIA SANTOS LAMEIRAS

NADJA RAMOS DA SILVA

NATÁLIA APARECIDA DE FRANÇA LIMA

NILTON ALVES DE ARAÚJO

REGINA AMÉLIA D’ALENCAR LINO

THIAGO TITO FROTA SOARES

VIRGINIA MURAD DE ARAÚJO

WALTER GERMANO DE OLIVEIRA

WILSON ALVES PEREIRA

ESCRITÓRIO DE AP. No. 1 DO SENADOR MAURO FECURY

ANA MARIA COELHO FERREIRA

ANTÔNIO JOSÉ MUNIZ FILHO

DOLISMAR PEREIRA AGUIAR

ERICA MARINHO NOGUEIRA

FERNANDA CRISTINA NEVES DE SOUSA

FRANCISCO FUZZETTI DE VIVEIROS FILHO

JOSE RAIMUNDO FERREIRA VERDE FILHO

JOSÉ DE SOUZA ARAÚJO NETO

JOÃO RICARDO ARAÚJO VIEIRA

KATIA REGINA PEREIRA DA SILVA

LARISSA LENZA GRATÃO

LUCIANA DA SILVA CARVALHO

LUCIANA GOZZI

LUIS CARLOS BELLO PARGA JÚNIOR

MALENA BARROS NASCIMENTO

MARCELO BOGEA VAZ DOS SANTOS

MARIA APARECIDA MEIRELES PINTO

MARIA LEDA OLIVEIRA FERNANDES

REGINA CÉLIA PINHEIRO JANSEN

RENATA RODRIGUES ROCHA

RODOLFO SOUSA NETO

WALTER GOMES DE OLIVEIRA

Com informações do Congresso em foco e do Blog do Garrone

Nenhum comentário:

Postar um comentário