quinta-feira, 17 de abril de 2014

Prefeitura de Paço do Lumiar lança edital para seletivo da SEMUS.

A Prefeitura de Paço do Lumiar, através Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), lançou edital para a realização de Processo Seletivo Simplificado, destinado a suprir possíveis carências temporárias do Sistema Municipal de Saúde, além de preencher o banco do cadastro reserva dos recursos humanos.

As inscrições serão realizadas no dia 24 de abril, na UEB Paranã, no Conjunto Paranã, das 08h às 18h, e constará apenas de avaliação de títulos. Os cargos são de nível superior e médio para atuação nos serviços da atenção básica e urgência e emergência.

Os candidatos classificados serão contratados pela Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar, com jornada de trabalho de 30 (trinta) horas ou 40 (quarenta) horas semanais, podendo ocorrer durante os turnos diurno e/ou noturno, de acordo com a conveniência e necessidade da SEMUS.

Mais informações clique aqui para baixar o edital.

Ex - prefeito Raimundo Filho reúne lideranças políticas de Paço do Lumiar e consolida apoio a Flávio Dino.

Na noite desta segunda – feira (14), na sede do PC do B em São Luís, o ex-prefeito Raimundo Filho (PROS), reuniu várias lideranças políticas da região de Paço do Lumiar e consolidou apoio a pré - candidatura de Flávio Dino ao governo do estado. O evento contou com a participação dos vereadores Marcelo Portela (PHS), Miau Oliveira (PC do B), dos ex - vereadores Zé Gomes, Almeida, além de lideranças comunitárias como: Deco e o Presidente da União de Estudantes Rilton Silva.

Sendo cotado para representar Paço do Lumiar na Câmara Federal, o ex – prefeito Raimundo Filho um dos nomes de grande expressão no município, poderá ser o candidato mais forte na cidade, nas eleições de 2014. 



Apesar de ficar pouco tempo à frente do comando da cidade, Raimundo Filho é muito querido no município, e tem as condições necessárias de criar corpo e peso para forma um palanque forte para Flavio Dino na cidade.

O sentimento de ser luminense coloca o ex – prefeito Raimundo Filho, como uma forte opção da população de Paço do Lumiar nas eleições de 2014, deixando vários candidatos em segundo plano. A movimentação no cenário politico aponta o ex – prefeito como possível recordista de votos na cidade. 

Da esquerda para direita: Rilton Silva, Raimundo Filho, Flávio Dino, Marcelo Portela e Miau Oliveira.


Atualmente, Paço do Lumiar possui uma população de 104.881 habitantes, segundo Censo do IBGE em 2010, e não tem nenhum representante lutando pelos interesses dos luminenses na câmara federal, deixando a cidade carente de emendas, além de articulações para buscar obras importantes para o município.

Paço do Lumiar: Via Sacra será encenada por católicos da Sede

Acontece até o próximo domingo (20), na Sede de Paço do Lumiar, as comemorações da “Semana Santa”. O evento que tem o apoio da Prefeitura Municipal da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar envolve várias comunidades católicas da região.

A programação teve início no dia 13, na Paróquia de Nossa Senhora da Luz, onde foi celebrada a Benção de Ramos, e contempla, ainda, a encenação na Paixão de Christo, pelos membros do grupo de jovens da igreja e comunidade, procissão, Vigília Pascal e missas todos os dias.

“A celebração da Semana Santa já faz parte do calendário festivo do município e, a cada ano, se renova atraindo mais participantes, no incremento e diversificação das atividades católicas do período, além de ser um momento propício para lembrar e refletir sobre a morte e ressurreição de Christo”, afirmou D. Minolda Cruz, moradora da Sede.

Programação:
  • 17.04 - Ceia do Senhor/Missa
  • Local: Igreja de Nossa Senhora da Luz
  • Horário: 19h
  • 18.04 - Paixão do Senhor/Via Sacra
  • Local: Igreja de Nossa Senhora da Luz
  • Horário: 16h
  • 19.04 - Vigília Pascal/Missa
  • Local: Igreja de Nossa Senhora da Luz
  • Horário: 19h
  • 20.04 - Páscoa da Ressurreição
  • Local: Igreja de Nossa Senhora da Luz
  • Horário: 19h

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Municípios assinam termo de adesão ao Programa Brasil Transparente no Maranhão.

Francisco Moreira, Chefe da CGU-Regional/MA, dando as boas-vindas
Com o desafio de buscar o acesso à informação e a transparência, prefeitos de três municípios do Maranhão aderiram na última quinta-feira (10/04) ao Programa Brasil Transparente da Controladoria-Geral da União. No estado, o programa já conta com a adesão de 25 municípios.

No último evento de capacitação presencial do PBT, realizado em Coroatá, nos dias 09 e 10/04, mais dois municípios aderiram: Alto Alegre do Maranhão e Dom Pedro. Segundo o chefe da CGU-Regional/MA, Francisco Moreira, "O Programa Brasil Transparente visa dar apoio à implementação da Lei de Acesso à Informação (LAI) e ao aperfeiçoamento dos portais da transparência".

Moreira informou ainda que o acesso ao PBT se dá mediante a assinatura de Termo de Adesão específico. "Quando o município adere, a CGU passa a ser parceira da gestão municipal na área de transparência pública", frisou.
 
Prefeita Teresa Murad assinando o Termo de Adesão
A Prefeita de Coroatá, Teresa Murad (PMDB) , durante a abertura do evento discursou e lembrou do intenso trabalho que tem sido feito para melhorar a gestão municipal. "A parceria com a CGU veio em uma hora muito boa", disse a prefeita.

A capacitação presencial contou ainda com as palestras de Fernando Resende (gerente da SEFAZ), Ielma Rezende (auditora da CGE), Fábio Alex Mello (auditor do TCE-MA) e Ricardo Misko (promotor de Justiça da Comarca de Timbiras). Compareceu ao evento um público total de 129 pessoas que representaram 10 cidades.

Direção Nacional do PSDB recebe Flávio Dino em Brasília.

Flávio Dino (PCdoB) deu mais um grande passo na construção de uma aliança ampla para enfrentar as eleições para o governo do Estado. O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, recebeu a visita de Flávio Dino e de deputados maranhenses, na noite desta terça (15).

Com a presença dos deputados Carlos Brandão e Neto Evangelista, o senador Aécio anunciou a intenção de o PSDB somar-se ao movimento Diálogos pelo Maranhão, construído em torno da pré-candidatura de Flávio Dino ao governo do Estado e de Roberto Rocha ao Senado.

Aécio Neves reuniu representantes maranhenses do seu partido para formalizar o pedido de que o PSDB faça parte da chapa majoritária que disputará as eleições de outubro. Ele lembrou que o PSDB dispõe de excelentes nomes para compor a frente ampla da oposição ao grupo dominante no Maranhão.

"O PSDB nacional respeitará a condução feita no maranhão pela direção estadual, através do deputado Brandão," avaliou o senador Aécio, que comentou ainda a boa relação com o pré-candidato a governador do Maranhão. "Do meu ponto de vista, tenho extremo respeito e admiração pelo deputado Flávio Dino".

O pré-candidato a governador agradeceu o anúncio da decisão do PSDB, que deverá compor a aliança com outros sete partidos que já estão engajados no projeto de mudança para o Maranhão: PSB, PTC, PDT, PP, PROS, SDD e PCdoB.

“O senador Aécio está sintonizado com o momento político do nosso estado, que quer superar a última oligarquia do país. Precisamos unir todas as forças dispostas a ajudar a virar a página do passado no Maranhão,” disse Dino, ao lembrar que o PSDB sempre fez oposição ao grupo Sarney no estado.

Presidente estadual do PSDB, Carlos Brandão lembrou que a presença de mais um presidenciável na chapa deve fortalecer a candidatura de oposição, que já possui o PSB de Eduardo Campos e o PCdoB, da base de apoio a Dilma Rousseff (PT). "A presença do PSDB na chapa de Flávio Dino fortalece a ampla aliança pelo Maranhão, com o presidenciável Aécio Neves", completou.

Secretário Geral do partido, Neto Evangelista (PSDB) destacou a possibilidade de aliança como mais um fator que representa a renovação da política no Maranhão. "Caminhamos para ter uma eleição com grande força popular e de renovação de práticas na política," resumiu. A reunião foi acompanhada pelo deputado federal, Carlos Sampaio (PSDB-SP).

terça-feira, 15 de abril de 2014

Dom Belisário recebe Flávio Dino na arquidiocese de São Luís.

Flávio Dino (PCdoB) e o arcebispo de São Luís, Dom Belisário, se reuniram na manhã desta segunda (14) na Catedral da Sé, no Centro de São Luís. As duas lideranças demonstraram preocupação com o aumento da violência no estado e a preservação do patrimônio histórico da capital.

Dom Belisário apresentou a Flávio Dino o projeto de construção do Museu de Artes Sacra como área de visitação e centro de cultura na cidade. O arcebispo falou de sua preocupação com o aumento da criminalidade, como foi demonstrado recente pesquisa divulgada pela Organização das Nações Unidas em que São Luís aparece como a 15ª capital mais violenta do mundo.

No caso do Centro Histórico, que possui milhares de casas sem habitação, Dino e Dom Belisário concordaram que a ocupação de moradias e utilização de prédios pelo poder público podem ser alternativas viáveis para que o Centro não seja abandonado.

“É preciso que o governo do estado seja o promotor desse desenvolvimento. Com projeto para dar vida ao Centro Histórico, recuperando áreas de moradia e órgãos públicos,” sugeriu Flávio Dino, ao comentar que ações desse tipo também diminuiriam o déficit habitacional, que no Maranhão chega a 450 mil moradias.

A ação do poder público pode atuar também com a dinamização do comercial visando a valorização dos espaços públicos. Dino citou como exemplo o projeto Porto Digital, de Recife (PE), que deu vida nova ao Centro Histórico da capital pernambucana. “Ações simples, com valorização de nossa gente e nossas riquezas como o Centro Histórico, são necessárias para virar a página do Maranhão,” completou Dino.

A reunião foi acompanhada por membros de entidades civis, religiosas e políticas. Márcio Jerry (presidente estadual do PCdoB), José de Ribamar Paeta, Eurico Fernandes, Zenir (Pastoral da Juventude) e Karla Trindade.

Grande quantidade de maconha é apreendida na Vila São José em Paço do Lumiar.

Droga estava sendo transportada em duas malas num automóvel.

Informações da TV Mirante e Mirante AM.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), em operação, realizou na noite dessa segunda-feira (14), na Vila São José, município de Paço do Lumiar, apreensão de 52 "tijolos" de maconha. A droga estava sendo transportada em duas malas num automóvel modelo Fiesta, de cor preta e placa NHO 4396.

O condutor do veículo, identificado como Carlos Alessandro Ferreira, de 23 anos de idade e morador do Paranã, foi detido e encaminhado, com o automóvel e os entorpecentes, para o plantão de polícia da Cidade Operária, onde foi autuado em flagrante.

A polícia acredita que a droga seria distribuída na capital maranhense. As investigações continuam.

Esta é a segunda prisão de suspeitos de tráfico na região de Paço do Lumiar em quatro dias. Na madrugada de sábado (12) cinco pessoas foram presas, sendo três de uma mesma família com 15 quilos de cocaína e crack. Além da droga, a Polícia Civil, responsável por esta prisão, apreendeu dois carros e uma moto de luxo, avaliada em R$ 50 mil.

Universitários reclamam de infraestrutura da Uema durante Diálogos pelo Maranhão.

Os alunos do curso de Agroindústria da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) de São João dos Patos participaram do Diálogos pelo Maranhão neste sábado (11). Eles conversaram com Flávio Dino, coordenador do movimento, sobre a falta de infraestrutura da instituição de ensino superior na cidade.

Segundo os universitários, as aulas dos cursos são ministradas em salas de uma escola particular e também nas instalações do Instituto Federal (Ifma). A falta de condições adequadas para o estudo foi determinante para que alguns alunos deixassem o curso. A primeira turma teve início no segundo semestre de 2012 com 30 alunos e hoje a turma segue com 23 estudantes. "Não temos prédio, não temos material didático, não temos cadeiras, temos apenas três professores. É um curso de extrema importância pra região, mas que não tem incentivo. Pedimos que dividam a atenção dos cursos da capital como os do interior", contou Gilberto Alves Júnior, que estava acompanhado de outros sete alunos da turma.

A falta de ações do Governo do Estado fez parte do discurso de outros moradores da região. A população participou de forma ativa das discussões sobre São João dos Patos. Empresários, lavradores, lideranças políticas, sindicalistas, trabalhadores rurais estiveram presentes no Diálogos para contribuir com o processo de mudança do Maranhão.

“O pedido de São João Batista é o pedido do Maranhão: pela saúde, que é um caos porque as pessoas não têm onde se tratar; não têm estrada vicinal, o asfalto das MAs não tem qualidade; na educação, os alunos ainda andam de pau de arara. É lamentável a situação da agricultura familiar que é desenvolvida em 25% do território e atende 70% da população. Temos a Barragem da Boa Esperança, mas o governo nunca ajudou a pesca com um anzol. Aqui não chega desenvolvimento, só chega propaganda", disse o vereador Tio Jardel. 
 
Moradora do Centro, Rosinha Amélia conta com satisfação as contribuições que o Diálogos representa para o Maranhão. "É importante a gente ouvir uma voz de mudança. Esse é um momento importante que está crescendo no estado e que nos dá oportunidade de mostrar o município . Na nossa cidade sempre tem o que melhorar: saúde, educação", listou. Grande liderança da região, Paulo do Zeca também elogiou a caravana da mudança: "É um movimento que ganha força e que está conhecendo a realidade do estado para fazer o planejamento de ações. Este dia é importante pela visita da caravana Diálogos em busca do bem comum". 

Edson Francisco, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São João dos Patos, pediu estrada para facilitar o acesso ao município. “Para a agricultura familiar nós temos um grande pedido que é acabar com isolamento por falta de estrada e assistência técnica. Que olhe pela zona rural para que possa alavancar a produção de arroz, feijão, milho e mandioca na zona rural. Hoje, quase 50% do município trabalha com agricultura familiar”, disse. São João dos Patos tem 75 anos e uma população de 24 mil habitantes.

Flávio Dino reforçou a importância de ações públicas em todos os 217 municípios maranhenses. Para a região leste, como os municípios visitados este final de semana, disse ser ideal um governo descentralizado. “Aqui na região a gente se refere, por exemplo, ao abandono das estradas. Nós precisamos melhorar a infraestrutura, compreender que um governo bom é um governo descentralizado que atende todas as regiões e avançar nos serviços públicos e nas políticas sociais: educação, saúde e segurança. É fundamental para virarmos a página do passado e iniciarmos um novo ciclo para o Maranhão”, disse.

SUCUPIRA DO RIACHÃO


Em Sucupira do Riachão, a cobrança foi por políticas públicas. O município com seis mil habitantes, conforme lembrou Antônio Luís, presidente da Câmara de Vereadores, está esquecido pelo Governo do Estado. “Sucupira recebeu o abandono e o esquecimento do Governo. Ao sertão maranhense e ao povo de Sucupira só restou o desprezo. Precisamos de um nome que olhe pelos grandes, mas não esqueça os pequenos municípios. Hoje temos que procurar saúde e educação no Piauí, buscar em outras cidades oportunidades de emprego”, disse.

A esperança de mudança do modelo político foi citada por várias lideranças. Paulo Henrique citou a transparência como ferramenta imprescindível de governo. O vice-prefeito de Sucupira do Riachão, Ednilson Barbosa, pediu que a cidade não seja esquecida pela próxima gestão estadual. A vereadora Tânia do Cadi exigiu respeito, administração e trabalho pelo povo da cidade.

BARÃO DE GRAJAÚ

A programação deste sábado (12) foi finalizada reunindo lideranças de Barão de Grajaú. Novamente a pauta da região voltou-se para a agricultura familiar. O encontro foi acompanhado por técnicos do Serviço (Senar) dos municípios maranhenses de Codó, Presidente Médice e Cantanhede. Trinta e dois profissionais estão em treinamento em Floriado (PI) sobre assessoramento para os produtores rurais. “Estamos tendo aulas teóricas e práticas para melhorar os índices do campo que, infelizmente, no Maranhão são baixos. Vamos atuar para que o agricultor maranhense tenha uma produtividade melhor, disse Aeudes Ericeira, de Presidente Médice.

O baixo desempenho do Maranhão está sustentado, principalmente, na falta de assessoria. O objetivo da qualificação é assegurar aos produtores o desenvolvimento do trabalho de forma tecnificada. “Estamos nesse treinamento para identificar o erro e saber quais soluções podemos dar para os agricultores. Consequentemente, o reflexo é a melhoria da qualidade de vida dos produtores”, explicou Miqueias Fernandes, da cidade de Tuntum. 

Para Roniclésio Lopes, de Cantanhede, a falta de incentivo do poder público também é um entrave para o sucesso da lavoura. “Você vê na região sul do estado produtores bem sucedidos, nas outras regiões os produtores maranhenses não têm boa produção por falta de assistência técnica de qualidade”, considerou. “A Agência de Assistência Técnica (Agerp) não supre a demanda. Antes existia a Emater, que foi extinta na década de 90. Até hoje se cria órgão, mas sem condições, estrutura e capacidade de atender os agricultores”, frisou Francisco Alves, Codó.

César Júnior, liderança de Barão de Grajaú, listou também outras prioridades: educação, saúde e segurança. “A cada dia vemos a necessidade do nosso povo. A gente espera que a mudança chegue para nossa cidade”, completou.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

IMAGENS MUITO FORTE: Vídeo da execução de um suposto detento no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Novas imagens da execução de um suposto detento do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão reforçam o retrato da barbárie no presídio. Vídeo divulgado nas redes sócias por vários estudantes, mostra um detento sendo morto por outros. Em 1 minuto e 07 segundos, a gravação chocante traz cenas de puro terror.

O vídeo foi divulgado pelo estudante Tales Glauco Sousa Béliche na sua pagina do Facebook. E já foi compartilhado por mais de 4 mil pessoas, é o assunto mais comentado nas redes sócias e divide opiniões. Alguns afirmam que o detento executado no vídeo não é do Complexo Penitenciário Pedrinhas, já outros confirmam que sim.

Veja o vídeo. (aguarde carregar)


Conjunto Habitar comemora 20 anos com grande ação social.

A Prefeitura de Paço do Lumiar promoveu nesta sexta-feira (11), uma grande ação social no conjunto Habitar Edinho Lobão, para comemorar os seus 20 anos de fundação. A ação contou com apoio das secretarias municipais de Desenvolvimento Social, Saúde, Cultura, Esporte e Lazer, Agricultura Pesca e Abastecimento, Educação, Políticas para as Mulheres, Infraestrutura, e também de Associação dos Amigos do Habitar.

A abertura dos trabalhos aconteceu no coreto da comunidade com a presença do prefeito Josemar Sobreiro, que conversou com os moradores e aproveitou para anunciar obras para a região. “O conjunto Habitar se fortaleceu ao logo dessas duas décadas, se tornou um conjunto de grande representatividade no município, e a prefeitura realizará várias intervenções na região, como a pavimentação das ruas”, disse.
 


A comunidade foi assistida durante todo o dia por uma série de serviços, como: atendimentos no clínico geral e pediatra, realização de testes rápidos, vacinação, e saúde bucal; orientação sobre programas sociais, palestras educativas sobre tipos de violência contra a mulher; cuidados estéticos com a oferta de corte de cabelo unissex e maquiagem; atividades lúdicas do programa Leitura na Praça, torneio de futebol, e apresentação de banda marcial.

Segundo a dona de casa Maria da Conceição, foi a primeira vez, em 20 anos, que o conjunto recebe um evento desses como presente de aniversário. “Aproveitei todos os serviços. Levei meus filhos ao pediatra e para atualizar as vacinas atrasadas”, contou. Já para João Victor, de 8 anos, a contação de histórias e os instrumentos da banda marcial foi o que mais lhe chamou a atenção. “Eu conheço todas essas historinhas, mas o teatrinho foi muito divertido”, relatou o menino.

Durante o evento houve, ainda, a distribuição de um sopão e de mudas de hortaliças, culto, rodas de conversas, e o corte do bolo de aniversário, com mais de 20 quilos.

O Conjunto Habitar foi erguido em mutirão pelos próprios moradores, com recursos da Companhia de Habitação Popular (COHAB). A população atual é de aproximadamente 500 moradores, distribuídos em 102 moradias.

Evento reúne centenas de petistas em apoio a Flávio Dino e Dilma Rousseff no Maranhão.

O encontro do PT com Flávio Dino aconteceu no dia 13, o mesmo número que representa a legenda nas disputas eleitorais. Pré-candidato a governador pelo PCdoB, Flávio Dino conclamou a militância petista a permanecer unida em torno de um projeto de esquerda paras o Maranhão representado pelas lideranças de oposição. “Faço um convite ousado: vamos trazer o PT de volta para o nosso campo ainda em 2014,” disse o pré-candidato durante a plenária.

A reunião de presidentes de diretórios municiais, vereadores, membros do diretório estadual e militantes históricos do PT na manhã deste domingo (13) retratou a união de forças dentro do PT para que o partido “volte a beber da fonte em que surgiu”, que são as lutas de esquerda, de acordo com Eri, representante do PT de Pinheiro. 

Um dos grandes símbolos dessa guinada em favor da aliança com a oposição ao grupo Sarney foi a presença do líder camponês Manoel da Conceição, que foi eleito presidente de honra da mesa de trabalho. Manoel pediu a todos os militantes que, para honrar a história de luta contra ditadura e em nome dos trabalhadores, todos os militantes petistas se empenhem na pré-candidatura de Flávio Dino.

O compromisso foi registrado em carta assinada pela militância petista, afirmando que a possível candidatura de Flávio Dino tem como ponto central “a defesa da vida e da cidadania”. Na carta, os petistas defendem uma grande aliança de todos os partidos e movimentos sociais que “criar novas condições para o exercício da cidadania, dos Direitos, em nosso Estado”. O primeiro a assinar o documento foi Manoel da Conceição.

Nomes de peso do partido estiveram presentes no evento e assinaram a carta que foi lida pelo professor Francisco Gonçalves e entregue a Flávio Dino pouco antes do encerramento dos trabalhos. Membro da Executiva Nacional do PT, Márcio Jardim defendeu que o partido apoie Dilma Rousseff e Flávio Dino.

Além de militantes petistas, líderes de movimentos sociais compareceram e defenderam a pré-candidatura do PCdoB. Ivaldo, ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores no Maranhão, afirmou que a entidade se reunirá em plenária para definir a estratégia eleitoral para 2014, mas a tese que ele defenderá será de apoio à candidatura de esquerda representada por Flávio Dino.

Joaquim, dirigente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), também declarou apoio ao pré-candidato. “A eleição de Dino seria a melhor para os trabalhadores. É a candidatura dos movimentos sociais, que representa às nossas bandeiras,” disse.

O evento foi prestigiado por lideranças de outros partidos, como PDT, PSB, SDD e PTC. Presidente estadual do PDT no Maranhão, Julião Amin afirmou que o PDT sempre marchou ao lado das lutas democráticas e, no atual cenário, o partido tem convicção de que Flávio Dino representa o avanço no caminho pela Democracia no estado.

Os deputados Bira do Pindaré e Domingos Dutra, que deixaram o PT após as intervenções pela aliança com a oligarquia maranhense, foram ao evento para reforçar a luta pelo retorno da sigla ao campo das lutas sociais. “O PT tem compromisso histórico com a classe trabalhadora. Aqui no Maranhão não pode ser diferente. Essa aliança esdrúxula com o grupo Sarney deve acabar,” defendeu.

PT com Dilma e Flávio

A pré-candidatura de Flávio Dino tem recebido apoio de diversos partidos no Maranhão. O PT ainda não definiu oficialmente sua posição nas eleições de 2014. O ato dos petistas maranhenses em apoio às pré-candidaturas de Flávio Dino e da presidenta Dilma Rousseff marcou o final de semana dos acontecimentos políticos na capital, São Luís, e reuniu diretórios de todo o estado.

domingo, 13 de abril de 2014

PAÇO DO LUMIAR: Os benefícios da crítica ao amadurecimento político.

Alguns políticos de Paço do Lumiar que não admitem crítica, reconhecem a importância da mesma para gerar equilíbrio no convívio social, infelizmente uma boa parte precisar amadurecer politicamente para conviver na vida pública, tem muita gente em nossa cidade que não admite ser questionada, pensa que seus aliados ou ex – aliados são robôs.

Precisamos de críticos, de críticas! Sob o risco de tornarmo-nos caçadores de questionadores, o que acarreta enorme prejuízo ao melhoramento das relações de interesse público, coletivo.

Governos INTELIGENTES ouvem os críticos. São estes os que sinalizam suas fragilidades e refletem o pensamento, seja específico ou comum, que circula no contexto. Apenas as DITADURAS são beneficiadas pelo silenciamento da razão e da inteligência, até mesmo da emoção, que é uma faculdade humana das mais nobres.

Paço do Lumiar carece desse exercício salutar, no acompanhamento das aplicações de bens públicos; pois às vezes, só o povo pode falar sobre as reais necessidades que possui. Seus porta-vozes são poucos, podem não serem fidedignos, por isso, muitos canais necessitam de abertura, inclusive na mídia local.

Quando criticamos, não temos obrigação alguma de elaborar frases perfeitas. Falamos com a nossa própria bagagem, partindo do ângulo que retém nosso olhar. A missão é apontar, solicitar, reclamar aprimoramento. Deixemos as exigências aos artigos científicos, que possuem campo delimitado de apresentação, embora igualmente importantes, para contribuir socialmente.

Períodos eleitorais favorecem a crítica. Seria muito preocupante se assim não fosse! Estaríamos todos reféns das verdades do poder, que possui maquinaria complexa de coerção, desde a força dos financiamentos até vasta representação humana e institucional a favorecer lhe as causas.

Recurso exíguo dos despossuídos, mas tão temido, que abala os bem acomodados, a crítica continua em nossas mãos, façamos bons usos em benefício das coletividades massificadas; suscitando o debate, questionando os dogmas, exigindo explicações societárias. Quando estivermos em idade adulta de consciência política, compreenderemos que se trata apenas da liberdade de ser cidadão.

Que possamos refletir e aprender com as criticas, pois tem muito a nos ensinar. PARA OS POLÍTICOS LUMINENSES!! Falta HUMILDADE PARA APRENDER!

sábado, 12 de abril de 2014

Em Paço do Lumiar, polícia prende cinco pessoas suspeitas de tráfico de drogas.

Do grupo preso pai, mãe e filho estão sendo apontados pela policia como suspeitos de tráfico de drogas na Região. 

Informações: TV - Mirante

Imagens da TV - Mirante.
Uma operação realizada neste sábado (12), na localidade Paraíso das Rosas, em Paço do Lumiar, resultou na prisão de cinco pessoas e apreensão de veículos, dinheiro, drogas, armas e vários equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos. Dentre os presos estão três pessoas de uma mesma família, pai, mãe e filho, suspeitos de tráfico de drogas. 

As prisões e apreensões aconteceram no início da manhã, em duas residências. Na primeira, foram presos Irlan Garcia, Fabiene Nascimento Soares. Na segunda, o pai Alexandre Martins Ferreira Neto, sua esposa Maria de Jesus Carvalho Ferreira, e o filho Anderson Vitor Carvalho Ferreira.

Com os dois grupos foram apreendidos vários aparelhos eletrodomésticos e eletrônicos, 15 quilos de cocaína e crack, duas pistolas, de calibres 380 e 40, e uma quantia em dinheiro não revelada. Segundo o delegado Augusto Barros, da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), uma das armas pertence ao major Ernesto Luiz França de Sousa, do Corpo de Bombeiros. Ela foi roubada em fevereiro de 2012, durante um assalto ao Banco do Brasil da Avenida dos Holandeses, em São Luís. Na época, além da arma, os bandidos levaram R$ 8 mil do militar.

Foram apreendidos, também, três motocicletas, um delas avaliada em R$ 50 mil e mais dois carros. “Eles vieram para este local porque em outras localidades estão enfrentando dificuldades com as ações da polícia. Lá é um centro de distribuição de drogas, por isso tanto dinheiro e equipamentos apreendidos”, explicou o delegado Paulo Roberto Carvalho, um dos envolvidos na operação.

Quantidade de dinheiro apreendida não foi revelada pela polícia (Foto: Domingos Ribeiro/Rádio Mirante)

Em visita a 8 cidades do Leste Maranhense, Dino reúne milhares de pessoas.

Flávio Dino na cidade de Buriti Bravo.
O movimento Diálogos pelo Maranhão esteve em mais três cidades do leste maranhense nesta sexta-feira (11): Lagoa do Mato, Buriti Bravo e Passagem Franca. No debate, temas como agricultura familiar, infraestrutura de acesso aos municípios da região e educação. Os eventos contaram com a presença de lideranças políticas e religiosas, sindicalistas, vereadores, presidentes de Câmaras municipais e população. O movimento passou também pelos municípios de Aldeias Altas, São Francisco do Maranhão, Sucupira do Riachão, São João dos Patos e Barão de Grajaú.

Lavrador aposentado do povoado Tabuleiro do Gato, Antônio Modesto, de 60 anos, pediu por estradas e água potável nas casas. "A gente vive porque tem que viver. Não que a vida esteja boa. Quando a gente tá doente tem que ir pra Teresina, aqui não tem ninguém pra atender. As estradas estão tudo ruim, não tem água tratada", reclamou.

Pela agricultura familiar, Chico Miguel, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), falou da desigualdade social e econômica, além de ressaltar a importância do apoio para os trabalhadores rurais. "Este é um grande desafio, vivemos em um estado rico com um povo pobre. Não dá mais para fazer agricultura familiar como há 10 anos sem políticas públicas. É preciso investir no campo e trabalhar por uma reforma agrária séria", disse.

O prefeito de São Domingos, Kléber Andrade, liderou falou da necessidade de melhoria da infraestrutura das estradas. Ele destacou que o cuidado que a população do sertão maranhense merece. "Essa região precisa de um governo que não isole o povo, que construa estradas. Essa estrada de Passagem Franca já fez dez palanques e nunca foi construída", criticou. 
Flávio Dino na cidade de Passagem Franca


Cardoso Neto, grande liderança da região, reforçou a necessidade de práticas que contribuam com a geração de emprego e renda. Em Lagoa do Mato falta oferta de trabalho para a população, o que acaba contribuindo para que jovens deixem o município. "Nossa cidade tem muitas carências. Falta emprego; assistência técnica para a agricultura, água tratada... Estamos com uma evasão nas escolas de ensino médio por falta de transporte escolar.

Para o vereador Adailton Duarte, o evento foi positivo por ter reunido várias lideranças da região para discutir uma nova forma de fazer política. "Nosso compromisso é com a população. Hoje discutimos nossa realidade e apresentamos os problemas da nossa cidade. Temos uma infraestrutura boa. Cerca de 90% de Lagoa do Mato é calçada. Mas na área da educação temos uma evasão de 40% dos alunos por falta de transporte", calculou.

PASSAGEM FRANCA

Em Passagem Franca a principal demanda também foi para agricultura familiar. O Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município estima que a população que vive do campo está entre nove e dez mil pessoas. "A necessidade do nosso povo é de um governo o que reconheça os trabalhadores rurais, invista em escolas. Aqui temos lavouras de arroz, milho e abóbora que, com incentivo, poderia gerar renda para o povo", enfatizou a sindicalista Selma Bandeira.

Participaram ainda do Diálogos em Passagem Franca, o presidente do STTR, João Batista Silveira, o presidente da Câmara, Carlinhos Casa, vereadores, presidentes de partidos.

BURITI BRAVO

Na cidade de Buriti Bravo, o Diálogos reuniu centenas de pessoas dispostas a discutir um novo modelo de desenvolvimento para o estado. Atenta ao debate, a população também deu sua contribuição. Nas prioridades da região, incentivos para a agricultura, investimento à produção do estado, politicas públicas eficientes para a saúde, educação e segurança.

"São vários problemas na nossa cidade. Falta água, sendo inadmissível que a população sofra sem água; segurança, incentivo econômico para o município. Precisamos acabar com o isolamento que vivemos. Chegam as ordens de serviço que iniciam, mas nunca têm fim. Esse momento é muito importante porque representa a mudança que o povo quer", espera Luciana Leocádio, liderança da região.

MOBILIZAÇÃO SOCIAL


O vice-prefeito de Gonçalves Dias destacou a mobilização social durante as edições do Diálogos pelo Maranhão. Percorrendo algumas cidades com a comitiva, enfatizou o crescimento da plateia a cada cidade. "Pelo que percebo, cada vez mais tem crescido a participação popular", observou Djalma Fernandes. E pediu pela região estradas asfaltadas para interligar os municípios do leste maranhense. 
Flávio Dino na cidade de Lagoa do Mato


Flávio Dino, coordenador do Diálogos, falou sobre a proposta do movimento e ouviu as propostas de lideranças e população. Ele destacou ser esta uma etapa de aprender e conhecer a realidade do estado. "Faço questão de visitar todos os municípios do Maranhão. Precisamos transformar a vida do povo, enfrentar as 500 mil casas de taipa, resolver o problema das estradas, o isolamento que os municípios enfrentam, que acaba atrapalhando a produção e a vida das famílias", reforçou.

Em visita a Lagoa do Mato, município do Leste maranhense, Flávio Dino esteve com o vereador Adailton Duarte. Na conversa, o compromisso com a política e a população do estado. Adailton aproveitou para afirmar que contribuirá com o movimento em prol da mudança do Maranhão.

Em Buriti Bravo, Flávio Dino esteve com a presidente do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município, Isabel Oliveira, e o Conselho Deliberativo do Sindicato. O encontro marcou o pedido de atenção à agricultura familiar e o compromisso de Flávio Dino de continuar o diálogo com a população.

CONVITE: AUDIÊNCIA PÚBLICA LDO‏ EM PAÇO DO LUMIAR


O Prefeito Municipal de Paço do Lumiar, Estado do Maranhão, no uso de suas atribuições legais, visando efeitos da transparência na gestão fiscal, CONVIDA, toda a população e demais vereadores para participarem das Audiências Públicas, em que serão realizados debates, na fase do processo de elaboração do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO, para o exercício financeiro de 2015, prevista no parágrafo único do art. 48, da Lei Complementar n° 101, de 04 de maio de 2000 – Lei de responsabilidade Fiscal e também ao contido no art. 44, da Lei Federal n° 10.257, de 10 de julho de 2001 – Estatuto das Cidades, a serem realizadas conforme programação abaixo:
  • Dia 12/04/2014 (sábado) às 9:00hs noAuditório da Unidade Integrada Bandeira Tribuzi, localizado na Avenida 13, Quadra 140, S/N, próximo ao Viva Maiobão;
  • Dia 14/04/2014 (segunda feita) às 9:00hs no Centro Educacional Professor Machadinho, localizado na Praça Nossa Senhora da Luz, S/N, Sede;
Informamos que o momento é oportuno para que as entidades representativas da população deste município, possam apresentar sugestões coletivas de prioridades que entendam ser convenientes para análise da administração e possível inclusão no referido Projeto de Lei. 

                                     Josemar Sobreiro Oliveira
                                            Prefeito Municipal

Diálogos: São Francisco destaca como prioridade acesso por asfalto.

Localizado no leste maranhense, o município de São Francisco do Maranhão possui uma peculiaridade: para chegar até lá, o acesso é feito apenas pelo vizinho Piauí. Das 3 entradas do município, por Amarante, Lagoa do Mato ou Barão do Grajaú, nenhuma delas possui asfalto. A população reclama a demora pelo investimento em politicas públicas na região. O tema foi tratado durante o movimento Diálogos pelo Maranhão, coordenado por Flávio Dino.

Para os moradores da cidade, a referência de capital é Teresina. Município maranhense mais próximo é Lagoa do Mato, distante 180km, mas para se ter acesso é preciso atravessar o rio e fazer um percurso de mais de 300km.

“Se tivesse estrada seria mais fácil. Para chegar aqui precisa atravessar o Piauí porque não temos acesso, estamos isolados no Maranhão”, disse Maurício Cardoso, ex-vereador e ex-prefeito de São Francisco. Segundo ele, há 2 meses o município está sem ambulância. A prestação de socorro é feita em carros fretados ou de vizinhos.

O lavrador Antônio Neto da Silva, 58 anos, reforçou a necessidade de infraestrutura para acesso ao município. Morador de São Francisco há 20 anos, pediu também apoio à agricultura familiar. Com produção de arroz e milho apenas para subsistência, chamou atenção para que se tivesse auxílio do poder público poderia transformar a lavoura em fonte de renda.

“Mas pra sair do nosso próprio braço hoje não dá não”, disse. Do mesmo pensamento compartilha Solange Maria Sousa, 45 anos, que mora no povoado Várzea Comprida, a 70km de São Francisco. “Estrada, saúde, tudo é ruim”, resumiu.

Outro tema acerca da infraestrutura foi a falta de energia elétrica em Porto da Pedra. “Estamos a 63km de distância de São Francisco e a três quilômetros de onde tem energia elétrica. Só tem promessa que a luz vai chegar e nunca chega. Sem energia não tem como o poço funcionar”, desabafou o lavrador José Ribamar Bezerra.

Dialogar para Construir

A oportunidade de dialogar com o pré-candidato a governador Flávio Dino foi elogiada pelo vereador Francisco Viana, conhecido como Piruta. Ele avaliou o movimento como uma iniciativa inovadora. “Aqui pudemos mostrar qual é a carência do nosso povo, pois nós conhecemos nossa cidade. O pedido vai desde água, a estrada, saúde, educação... Vejo que é a hora da mudança. Nosso município, com cerca de 14 mil habitantes, não temos uma só rua asfaltada”, contou.

Prefeito de Parnarama, Davi Carvalho destacou o interesse da população em conversar sobre o leste maranhense. “Tenho observado o anseio da população por uma política que garanta atenção básica para nossa região. É um movimento popular importante”, observou.

Adelbarto Santos, liderança política de São Francisco, falou também da mobilização social e do sentimento de mudança dos maranhenses. “Essa é uma nova forma de fazer política, conversando com a população. O Diálogos representa o anseio da população, que é participar de forma ativa politica. A população da nossa cidade aceitou muito bem”, ressaltou.

Para as sugestões e propostas, Flávio Dino, coordenador do movimento Diálogos, falou da necessidade de um governo descentralizado, que esteja presente em todas as regiões do Maranhão.

“Aqui, infelizmente, essa concentração de riqueza se dá socialmente, está na mão de pouca gente e também regionalmente, pois grande parte dos municípios não é atendida. Por isso nosso Programa de Governo conta a preocupação de fazer um governo municipalista, que esteja presente nas comunidades a fim de fazer com que as politicas públicas cheguem para todos”, avaliou.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Audiência discute o impacto ambiental em Paço do Lumiar.

Poluição por resíduos sólidos e crescimento imobiliário são alguns dos indicadores da degradação ambiental na região.
 
O Impacto Ambiental no município de Paço do Lumiar provocado pelo crescimento imobiliário e poluição por resíduos sólidos, foi tema de Audiência Pública promovida nesta quinta-feira (10), pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA). O evento provocou uma ampla discussão entre poder público e sociedade civil acerca da temática.

Participaram dos debates, as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social, Infraestrutura, Agricultura Pesca e Abastecimento e da Fazenda. Representantes de comunidades agrícolas e ameaçadas de despejo, e o legislativo municipal, através dos vereadores Leonardo Bruno Rodrigues e Wellington Sousa.

Foram apresentados dois subtemas, focados no Plano Municipal de Resíduos Sólidos e suas disposições sobre o destino final do lixo, nascente das águas, manguezais e agricultura familiar; empreendimentos imobiliários em Paço do Lumiar e suas consequências, como a extinção da zona rural e os prejuízos ao meio ambiente, e ainda, a receita e despesas no município, licenciamento e replanejamento para construir.

De acordo com a secretária de Agricultura, Rosany Aranha, a maioria dos impactos é registrada na zona rural do município, com a construção de empreendimentos imobiliários próximos às áreas de produção agrícola. “Uma série de crimes estão sendo registrados nas comunidades, como: o desmatamento de palmeiras de juçara, destruição de mananciais, esgotamento de água doce”, destacou.

“Paço do Lumiar é um dos municípios maranhenses que mais cresceu nos últimos dez anos, mas vem deixando um rastro de degradação ambiental visível aos olhos da sociedade”, como afirma a secretária de Desenvolvimento Social, Ivone Oliveira, que chama a atenção para um trabalho compartilhado entre os entes federados, para que sejam traçadas metas e encontrar soluções socioeducativas e de preservação do meio ambiente de Paço do Lumiar.

Aldeias Altas pede mais infraestrutura durante Diálogos com Flávio Dino.

O município de Aldeias Altas recebeu o movimento Diálogos pelo Maranhão na noite desta quarta (9). Lideranças políticas e religiosas, vereadores, presidentes de sindicatos e população discutiram as prioridades da região. Problemas com abastecimento de água e infraestrutura de escolas estiveram entre os principais pontos do debate.

Glaydson Mendes, liderança católica de Aldeias Altas, chamou a atenção para a falta de infraestrutura, saúde e educação. Para ele, ser maranhense deveria ser motivo de orgulho, o que não acontece devido às condições em que se encontra o estado. “Falta água, segurança pública, nossas escolas são feitas de taipa. Por que nosso povo tem que andar em piçarra? Quanto tempo não demorou para ser construída a estrada que liga Aldeias Altas a Caxias e a placa ainda dizia que era uma reforma?”, questionou.
 
Ex-vereador de Aldeias Altas e grande liderança na região, Kedson Lima, fez um discurso cheio de sentimento. Lembrou que o sofrimento da população por não ter assistência básica de saúde e água. “A falta de água hoje é muito grande. Não temos aqui água tradada, nosso povo sofre. Não tem água, mas tem o talão. Na área da saúde, nós temos uma casa de saúde, uma maternidade fechada. Nossa população não tem acesso a saúde”, contou. Kedson explicou que até procedimentos básicos, como aferição de pressão arterial, são realizados em Caxias, município distante 30 km.

“Eu vejo em propagandas na televisão falar de saúde, hospitais, mas os municípios não têm condição de colocar para funcionar. Por isso a importância do Diálogos para saber o que o Maranhão precisa. Hoje temos pessoas de povoados distantes que vieram para discutir políticas públicas para o nosso estado. O Maranhão está se mobilizando por um estado melhor”, continuou.

Coordenador do Diálogos pelo Maranhão, Flávio Dino ouviu atentamente as propostas de Aldeias Altas. Reforçou a disposição de transformar a realidade do estado junto com a população.

“Nosso diálogo é para combater a desigualdade. Quem pode pagar tem saúde e educação, mas quem não pode não tem. Hoje os cursos de Medicina são para alunos de outros estados porque nossas escolas públicas não têm qualidade. Por isso, fazemos esse movimento de transformação da realidade que juntos com a população estamos escrevendo”, disse. 

A população participou com empolgação do Diálogos em Aldeias Altas. Lavrador do povoado de Lagoa do Arroz, Raimundo Nonato Araújo, de 56 anos, elogiou a organização. “Foi um momento muito bom. Queremos o melhor pro nosso município e por isso estamos aqui”, disse.

Também presente no evento, o presidente do PRTB, conhecido como Vovô, elogiou a iniciativa de conhecer os problemas da cidade. “Muito importante conhecer o principal problema do nosso estado. Hoje aqui não temos água. É assim que se pode conhecer o Maranhão”, finalizou.

A caravana do Diálogos pelo Maranhão tem percorrido diversos municípios para discutir melhorias e o desenvolvimento econômico e social do estado. Ironaldo Alencar, liderança política da região, destacou a importância do movimento para o Maranhão.

“O Diálogos proporciona a aproximação da população para discutir as políticas públicas que podem ser desenvolvidas no estado. É uma oportunidade de conhecer os problemas que assolam o nosso estado. Aqui tem pessoas de coragem, que querem conversar, que dão a cara para discutir o Maranhão”, disse, referindo-se às lideranças presentes no encontro.

Outras lideranças políticas estiveram presentes nos eventos: Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Roberto Rocha (PSB) e Leo Coutinho (PSB).