sábado, 15 de junho de 2019

PREFEITO DOMINGOS DUTRA PARTICIPA DE SOLENIDADE DE ENTREGA DOS CHEQUES MINHA CASA

O Prefeito Domingos Dutra (PCdoB) participou na tarde deste sábado, dia 15, da solenidade de entrega de 1.300 Cheques Minha Casa para as famílias beneficiadas nesta primeira etapa do programa. A ação foi realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretária Estadual de Cidades e Desenvolvimento Urbano. 

A atividade aconteceu no ginásio do IEMA (antigo Colégio Marista), localizado no Centro de São Luís. Nesta primeira etapa do programa, foram beneficiadas diversas famílias de Paço do Lumiar e também de São Luís, São José de Ribamar e Raposa. 

Benefício – O Cheque Minha Casa é um programa do Governo do Estado, executado pela Secid, voltado às famílias de baixa renda, com a finalidade de apoiar a reforma, ampliação ou melhoria de unidades habitacionais já existentes, com prioridade para as instalações sanitárias. 

Na avaliação do Prefeito Dutra, o programa contribui diretamente para dar mais dignidade aos moradores de Paço do Lumiar beneficiados com a iniciativa, melhorando assim a qualidade de vida dessas pessoas. 

Todas as pessoas têm direito a terem moradias dignas e confortáveis. Por essa razão, o governador Flávio Dino e o secretário Rubens Pereira Júnior estão de parabéns por proporcionarem essa mudança na moradia e na vida dessas pessoas. O Governo do Estado sempre foi sensível às causas dos mais humildes e é assim que todos os governos devem ser", destacou o prefeito de Paço do Lumiar. 

O Governo do Estado e a Prefeitura de Paço Lumiar têm sido parceiros em ações para dar dignidade à população. No início desse mês, ambos entregaram 313 títulos de propriedade de terra para moradores das comunidades Edinho Lobão e Silvana, em Paço do Lumiar. 

Além dessas duas comunidades, já foram beneficiados com a regularização fundiária famílias dos residenciais Zumbi dos Palmares, Jardim das Mercês, Abdalla I e II. Fora esses, já foram iniciados os trabalhos nas localidades Nova Esperança, Parque Horizonte e Nova Vida com previsão de entrega dos títulos de propriedade para os próximos meses. 

Dessa forma, estamos avançando em nossa política para garantir melhores condições de vida para a população”, frisou o Prefeito Domingos Dutra.

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Vereadores são ameaçados por conta das investigações do concurso público de Paço do Lumiar

As ameaças contra veadores a favor das investigações contra às possíveis fraudes no concurso público, acende sinal de alerta em Paço do Lumiar. As ameaças contra os vereadores são graves, e se estendem não somente a Câmara Municipal, como também aos candidatos que participaram do certame, e denunciaram o caso ao Ministério Público.

Acompanhe o vídeo:

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Concurso de Paço do Lumiar: Carta aos candidatos aprovados honestamente e aos demais interessados....

Rilton Silva
Fatos recentes transtornaram bastante meu dia a dia. A rigor, preferia estar gastando o tempo que vou disponibilizar para este pequeno texto ou em descanso, lazer com meu filho, ou tomando um choop com meus amigos. A última coisa que queria fazer é expor sobre fatos lamentáveis como os que passo a abordar, e se o faço é, em especial, por consideração aos aprovados honestamente no concurso público de Paço do Lumiar, ocorrida neste primeiro semestre de 2019.

O esperado concurso de Paço do Lumiar veio a lume com uma enorme quantidade de problemas, sendo acusado por muitos de fraudulento, inclusive os próprios opositores do prefeito Domingos Dutra, foram os primeiros a questionarem a lisura desse certame, e hoje estão todos calados, o que é muito estranho. A Instituição que o realiza também vem sendo alvo de vários questionamentos em outros concursos. Nesse passo, informo que recebi algumas pessoas que trouxe até mim documentos que, em tese, indicariam a ocorrência de fraude no concurso.

Avaliei os documentos para saber se tinham alguma coisa séria ou se seriam "abobrinhas". Não eram "abobrinhas". As denúncias tinham embasamentos, e mostram às relações promíscuas de vários candidatos que obtiveram êxito neste certame, com um pré-candidato a prefeito de nossa Cidade. Se quem levou os documentos eram reprovados "chorões" ou pessoas mal intencionadas, não sei, mas sei que os documentos eram consistentes, tanto que a própria Prefeitura de Paço do Lumiar, emitiu uma nota aos meios de comunicação, informando que uma comissão irá avaliar as denúncias, divulgadas em blogs, nas rádios, e protocolada na 1º Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar.

Quero voltar a repetir: seria muito mais simples e confortável, para mim, dizer educadamente que esse não é um problema meu. Se me procuraram é por que tenho uma credibilidade e, se a tenho, informo que a mesma não se desenvolveu através da tibieza ou da pusilanimidade.

Chegaram a dizer que a minha matéria no blog, a respeito desta suposta fraude foi uma motivação política, e que minha opinião geraria a anulação. Absurdos. Nada fiz senão chama a opinião pública para debate. Minha opinião não é tão poderosa, quem tem poder decisório não sou eu, mas a Prefeitura de Paço do Lumiar, Câmara Municipal, Ministério Público e os juízes que apreciarão a causa. Felizmente, a maioria absoluta das manifestações foram positivas, me dando a certeza de que fiz a escolha certa, muitos solicitaram cuidado redobrado, pois estou mexendo com pessoas influentes e poderosas. Agradeço a preocupação de todos, e ás orações, mas confio em DEUS, através do nosso senhor JESUS CRISTO, coloco minha vida nas mãos do meu criador.

A fraude, ou sua mera suspeita, é muito ruim para todos, pois tais problemas abalam a credibilidade do concurso público e da Administração Pública e a confiabilidade das instituições.

Quem me conhece sabe que desde sempre luto pela minha querida Cidade, e amo este lugar. Faço-o por várias razões, entre as quais minhas crenças políticas e filosóficas e também por gratidão a minha militância no movimento estudantil, que tanto me fez bem. Quero que o concurso seja justo para todos terem uma oportunidade e o começo de uma das mais nobres carreiras, a pública. Dedico esse texto hoje em atenção e carinho aos aprovados no concurso, aos que jogaram limpo, aos que gastaram horas e horas de estudo, aos que tiveram despesas. Aos que se sacrificaram, aos que estão há anos fazendo sua parte, aos que já estão em condições de serem aprovados e que - mesmo acertando as questões da prova do concurso de Paço - estão agora angustiados sem saber se o concurso vai ser anulado ou não. Alguns destes se manifestaram magoados, nas redes sociais, frisando sua consternação por me verem propugnar a investigação e a anulação do concurso.

Este texto é uma forma de dar a todos minha resposta. Uma resposta que não seria necessária: creio que devemos fazer aquilo em que acreditamos e deixar que nossos atos sejam por si mesmos nossa melhor defesa, como ensinava Gandhi. A rigor, como diz a sabedoria popular, "cocô quanto mais se mexe, mais fede". Então, discorrer sobre o tema não seria a melhor opção, mas vou fazê-lo. Vou preferir colocar o "dedo na ferida". E quanto aos "cocôs" abordados, vou mexer neles com a esperança de que os joguemos um dia no saco de lixo e, desde logo, afirmo que não fui eu quem os produzi, apenas estou mexendo no que outros fizeram.

Aos aprovados honestamente

Admiro a garra, o trabalho, o esforço e a dedicação de cada um de vocês. Agradeço aos que, mesmo magoados, compartilharam sua frustração até comigo. Elogio o fato de já terem caminhado o suficiente para já estarem amadurecidos emocional e intelectualmente o bastante para terem superado esta prova. Vocês estão bem, acreditem.

Minha única preocupação com vocês é que não esmoreçam, não desistam. Asseguro que o que vocês estão passando faz parte do sistema. É duro, mas é assim mesmo. Vocês não são os primeiros nem serão os últimos a passarem por isto.

O único risco real que vocês correm é pararem depois de já terem caminhado tanto. Eu disse a várias pessoas que, com a anulação, vocês provavelmente seriam aprovados no novo concurso. Porém, fui questionado que, nesse novo dia, podia cair outros assuntos onde a pessoa estivesse menos preparada, ou a pessoa estar num dia ruim, ou com TPM, ou coisa parecida. É fato. Nada garante que o aprovado no concurso de agora também o será no seguinte. Contudo, é inequívoco que, quem está no grau de preparação de vocês, se continuar a estudar, treinar, a "jogar o jogo", irá passar ou neste próximo de Paço do Lumiar (em caso de anulação), ou outro. Isso é certo.

Indenizações

Entendo que, havendo fraude, cabe ação com pedido de indenização em face da organizadora do certame o Instituto Machado de Assis, vez que esta tem o dever de zelar pela regularidade do concurso, aliás, é paga também para isso. Em caso de anulação, as despesas de deslocamento para a prova, alimentação etc. são devidas a todos os que realizaram a prova, tenham sido aprovados ou não. Além disso, os aprovados honestamente têm direito ainda a indenização por dano moral.

O que fazer, caso se confirme a fraude

É preciso ouvir todo mundo, investigar, processar, assegurar o contraditório e a ampla defesa e, claro, no final, punir severamente todos os envolvidos, criminal, cível e administrativamente.

Espero ter esclarecido a questão. Estou ao dispor, na minha página do Facebook e no meu site (www.riltonsilva.com.br), para continuar as conversas que devemos ter para seguir a vida.

Por fim, aos aprovados honestamente, minha solidariedade e minha certeza de que, se continuarem, em breve serão merecidamente premiados pelo esforço e dedicação com o qual vem se havendo.

Atenciosamente, Rilton Silva

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Prefeitura emite nota sobre o concurso de Paço do Lumiar






NOTA DE ESCLARECIMENTO 


A Prefeitura de Paço do Lumiar, tendo em vista especulações de supostas irregularidades ocorridas no concurso público realizado no Município pela empresa E. F. Pesquisas e Projetos Ltda., cujo nome fantasia é Instituto Machado de Assis, vem a público esclarecer, em especial aos inscritos no certame, que: 

1 - Somente nesta terça-feira, 11 de junho, após ser notificado, o Instituto Machado de Assis enviou ao Município o resultado do referido concurso; 

2 - Na data de hoje, 12 de junho, o prefeito Domingos Dutra encaminhou para a comissão constituída para acompanhar o referido concurso os documentos enviados pelo Instituto Machado de Assis; 

3 - Por determinação do prefeito Domingos Dutra, a referida comissão reunirá todas as matérias publicadas em sites e blogs indicando supostas irregularidades, bem como solicitará ao Ministério Público informações de eventuais reclamações e denúncias sobre possíveis irregularidades ocorridas no certame; 

4 - Somente após essas providências é que a Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar decidirá sobre a homologação ou não do referido concurso. 

12 de junho de 2019 

Prefeitura de Paço do Lumiar

Os desafios do PDT para fazer a candidatura de Fred Campos decolar e eleger seu terceiro prefeito em Paço do Lumiar



Após eleger dois prefeitos em Paço do Lumiar, Mábenes Fonseca em 2000, e Bia Venâncio em 2008, o PDT poderia ter na próxima eleição a melhor oportunidade de voltar a comandar o executivo municipal, mas o partido caminha para a disputa em 2020 com uma série de desafios pela frente.

O pré-candidato do partido, o ex-vereador, Fred Campos, se apresenta para a disputa com o trunfo de ter uma base forte de pré-candidatos a vereadores. Mas nas pesquisas, de consumo interno encomendada por alguns empresários da região, seu nome recebe apenas 5% das intenções de voto. Na liderança, de acordo com informações, aparecem o atual prefeito Domingos Dutra (PCdoB), em segundo o ex-prefeito Gilberto Arôso (PRB), que está inelegível, em terceiro segue o líder comunitário Inaldo Pereira (sem partido), que pode ser umas das surpresas nesta eleição vindoura.

O ex-prefeito Gilberto Arôso chegou a afirmar, em conversa reservadas com algumas lideranças do Município, que o senador Weverton Rocha (PDT) pode apoiar outro candidato a sucessão municipal que se mostre mais viável, caso Campos não decole.

Campos construiu sua carreira política em Paço do Lumiar no ano de 2004, onde foi eleito o vereador mais bem votado do Município, com 996 votos. Pensando em alçar voos mais alto, em 2008, se lançou a vice na chapa de Carmem Arôso (MDB), sofreram uma grande derrota e ficaram em terceiro lugar. Na ocasião, elegeu seu irmão Alderico Campos (DEM), o vereador mais bem votado na Cidade, com 1.312 votos mas teve um dos irmãos preso carregando títulos clonados.

Com um histórico de escândalos, Fred está com dificuldades em construir alianças e consolidar-se como principal candidato da oposição. Denunciado recentemente na 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, por suspeita de fraude em concurso público (clique aqui, e veja) que envolve também seus aliados políticos, sua situação pode se agravar. É claro que ainda é cedo para se avaliar os danos à imagem do pedetista provocados pelo novo escândalo. Mas não é cedo para se concluir que, caso o Ministério Público confirme às denúncias, seu grupo político estará fadado ao fracasso.

Preocupado com o projeto do partido em Paço do Lumiar, o Senador Weverton Rocha (PDT), garantiu apenas a comissão provisória da legenda para Fred Campos, que teve início da vigência no dia 30/05/2019, se encerrando dia 30/09/2019. O senador manteve na executiva do partido, até pessoas contrarias ao projeto Campos.



terça-feira, 11 de junho de 2019

Possibilidade de CPI para investigar concurso de Paço do Lumiar será debatida na Câmara Municipal

Vereador Puluca vai pra cima, e cobra investigação no resultado do concurso público de Paço do Lumiar

Após a divulgação do resultado dos aprovados do concurso público de Paço do Lumiar, que gerou revolta na Cidade, inclusive com denuncias formalizadas na 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar (clique aqui, e reveja), o vereador Apolinario dos Santos Paiva Neto (PV), mas conhecido como “Puluca” levantou a suspeita sobre a possibilidade de fraude no certame, no caso que envolve o Instituto Machado de Assis, e lideranças políticas que têm influência no município de Raposa e pretensões políticas em Paço do Lumiar.

O vereador Puluca, conforme o vídeo abaixo vai entrar com requerimento nesta sexta-feira (14), na Câmara Municipal de Paço do Lumiar, pedindo apoio aos seus pares com intuito de peticionar no Ministério Público (MP) solicitando que se faça uma investigação mais aprofundada acerca das denúncias apresentadas, por haver fortes indícios de fraude no concurso público. 

Acompanhe a entrevista: 

Blogueiro de Paço do Lumiar é covardemente agredido no interior do Maranhão

Na madruga desta terça-feira (10), por volta das 00h30min, no município de Presidente Juscelino, o Jornalista e Blogueiro Neto...

Por: Maranhão de Verdade



Na madruga desta segunda-feira (10), por volta das 00h30min, no município de Presidente Juscelino, o Jornalista e Blogueiro Neto Cruz (DRT 1792/MA) foi covardemente espancado por duas pessoas ligadas a gestão do Prefeito de Presidente Juscelino, Magno Teixeira (PSDB). O profissional da imprensa, que faz críticas pontuais à gestão, estava na cidade fazendo cobertura jornalística sobre os 55 anos de emancipação política do município.

O primeiro agressor trata-se de Maycon Nanderson – vulgo “Nando” – sobrinho do prefeito Magno Teixeira e pessoa responsável, segundo interlocutores do Blog, por distribuir internet para órgãos da prefeitura. O mesmo já tem histórico de agressão na cidade e, antes do ocorrido, já havia tentado intimidar o Jornalista na festa que acontecia em praça pública, em alusão ao aniversário da cidade.

Temendo o pior, Neto Cruz decidiu ir para casa, para se resguardar e manter sua integridade física, o que não foi possível. Poucos metros de onde acontecia o evento, o Jornalista foi abordado pelo sobrinho do prefeito, Maycon Nanderson e por um motorista que presta serviço na secretaria de educação do município, por nome Paulo Ricardo Guimarães – vulgo “Tatá” -, que segundo apurou o Blog estaria tentando concorrer ao cargo de Conselheiro Tutelar do município.

Numa sequência de socos na cabeça, costas e costelas, os dois em conjunto rasgaram a camisa do Jornalista, além de tentá-lo arrastar a contragosto para longe do público, quando o mesmo foi socorrido por um morador do município, que lhe deu refúgio.

Depois disso, ambos voltaram para o camarote que se localizava de frente para o palco onde a festa acontecia, como se nada tivesse acontecido e onde o prefeito, tio de Nanderson, estava presente. Acionados, os agentes da Polícia Militar presentes no local disseram que não “poderiam fazer nada”. Pela manhã, o Jornalista se direcionou à Delegacia Civil de Rosário, onde registrou ocorrência e já acionou seu Advogado que tomará as medidas judiciais cabíveis.

Acompanhe o vídeo:

Municipalização do trânsito de Paço do Lumiar é tema de reunião no Detran-MA

A diretora geral do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), Larissa Abdalla Britto, recebeu, nesta segunda-feira (10), o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, acompanhado do secretário municipal de Mobilidade Urbana, Pádua Nazareno, e do adjunto Cristiano Aguiar. A reunião teve como objetivo fazer ajustes técnicos no projeto de municipalização do trânsito, implantado no município desde março de 2018. Também foram discutidas novas parcerias com o Detran-MA que incluem projetos e ações voltados para a educação para o trânsito.

De acordo com o prefeito Domingos Dutra, o Detran-MA tem sido receptivo, e não mede esforços para efetivar os processos de municipalização do trânsito no Maranhão. “A diretora geral do órgão sempre recebe os gestores municipais com muita cordialidade e se mostra disponível para ajudar no processo de municipalização. Viemos para tratar do processo da criação de um convênio que normatize a autuação em nosso município”, afirmou.

O secretário Pádua Nazareno destacou outras questões tratadas na reunião. “Nosso objetivo é discutir outras parcerias com o Detran-MA nas questões de habilitação, educação para o trânsito e outras propostas sobre mobilidade urbana”, disse.

A diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla, ressaltou a importância do encontro com os gestores municipais. “As prefeituras têm um papel fundamental na organização do trânsito das cidades. O respeito às leis de trânsito depende do trabalho realizado nos municípios”, afirmou.

Após a reunião, Larissa Abdalla acompanhou o prefeito Domingos Dutra e seus assessores para conhecerem o Data Center do Detran-MA, que tem sido um instrumento importante para a realização de varias atividades do órgão. “Por meio do Data Center podemos oferecer um atendimento ao nosso usuário, com mais celeridade e qualidade na sede, nos Postos Avançados e nas Ciretrans”, afirmou a diretora.

Célida Mendes reforça denúncias contra Fred Campos na suposta fraude do concurso público


Prezados Senhores

Eu Célida Mendes, natural de Pau-Deitado município de Paço do Lumiar, venho por este, minimizar às euforias; calúnias e mau- entendidos, quanto a divulgação da matéria, que cita meu relacionamento com a denúncia feita ao Ministério Público Municipal de Paço do Lumiar, com relação às evidências de fraude no concurso público de Paço do Lumiar, no dia 24 de Fevereiro de 2019. Onde eu e mais de 60 mil inscritos, que investimos em desenvolvimento intelectual; financeiro; tempo; força; foco e Resistência. Foi alegado por pessoas de Pau-Deitado que tratava -se de perseguição política, pessoal e desconsideração com os possíveis aprovados da comunidade e que os mesmos mereciam respeito. Entretanto gostaria de ressaltar, que tenho total consciência dos meus atos, dos meus deveres e direitos, como cidadã cumpridora das minhas obrigações constitucionais. E portanto, o presente documento apresentado ao Ministério Público é fiel e verdadeiro, contendo provas; testemunhas e evidências apuradas e construídas coletivamente capaz de contribuir para o sucesso  das investigações. E mais eu Célida Mendes, não tenho nada a temer, pois estou apenas recorrendo a um direito, que me assisti quanto cidadã Luminense e lesada por pessoas, que julgam-se superiores a tudo e a todos, capazes de infringir a Lei que Estabelece as Normas Gerais Sobre a Realização de Concursos Públicos, de Provas aplicadas e de Títulos no âmbito da Administração pública direta da União, dos Estados, Distrito Federal e dos Municípios. 

O referido Concurso faltou com o compromisso e lealdade ao comportamento ético, moral, cidadão e profissional. Esses princípios foram usurpados de todos os candidatos inscritos, a partir do momento em que um "seleto " grupo de pessoas ligadas ao pré candidato Fred Campos e que a maioria eu conheço desde à infância, aparecem classificados e aprovados, simplesmente por fazerem parte da União de moradores de Pau-Deitado ou serem aliados políticos do referido pré candidato. E para perplexidade de todos tal situação, disseminou-se por quase todo o município. Tudo isso em troca de privilégios, espórtula e uma ganância frenética e desenfreada. Porém Nos Art. 4 e 5 do Decreto n. 8.819 de 22 de julho de 2016, que estabelece as Normas Gerais Relativas para a Realização de Concursos Públicos, os incisos I, II, IV e V do art.4 e os incisos I,II, III, IV, V,VI, VII,VIII,IX,X, XI,XII,XIII........do Art. 5, trata que todos os atos relativos ao Concurso Público são passíveis de exame e decisão Judicial.

Portanto é necessário compreender, que o estado capitalista caracteriza-se como estado de direito, o que nos recorda a máxima legal do Latim que nos diz; " Dura Lex, sed Lex " que tem como, significado a Lei é dura mais é Lei, estando sempre a serviço da sociedade e não de grupos, que tem como marca registrada a mentira; a corrupção e a hipocrisia, é preciso mudar o Brasil e a busca do cumprimento da Lei, é  um caminho para a efetivação das aspirações de Dias Melhores.

Prefeito Domingos Dutra constrói escola na comunidade do Cururuca, em Paço do Lumiar

A UEB Profa. Maria Caetana Costa foi entregue na tarde desta segunda-feira, 10, à comunidade do Cururuca e áreas vizinhas. A nova escola, construída pela Prefeitura de Paço do Lumiar, substitui uma antiga que funcionava de forma improvisada, com telhado de amianto e sem banheiro. 

Participaram da solenidade ao lado do prefeito Domingos Dutra(PCdoB), o deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB); o secretário municipal de Educação, Paulo Roberto Barroso Soares; a adjunta Lilian Ingrid Araújo, servidores, alunos, professores e pessoas da comunidade. "Reconstruímos tudo, trocamos o telhado, construímos 08 banheiros, sala para a diretoria e professores, terraço e despensa; compramos carteiras e mesas novas, utensílios para a cozinha, fogão, freezer e bebedouro novos. E é totalmente climatizada", detalhou o secretário Paulo Roberto.


O prefeito Dutra destacou que a nova escola dá dignidade à comunidade escolar no Cururuca, "uma comunidade com cerca de 300 anos de existência, esquecida por décadas pelo poder público". A escola hoje tem 74 alunos (e capacidade para mais de 100 estudantes), divididos em Creche, Infantil I e II e Ensino Fundamental Inicial, que vai do 1º ao 5º ano.

Ainda durante o evento, houve a entrega de materiais didáticos para os estudantes da escola. Já os moradores da comunidade foram beneficiados com ações sociais desenvolvidas pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social e Saúde.






quinta-feira, 6 de junho de 2019

Escuridão e abandono levam insegurança á praça do Viva Maiobão

Cartão-postal do Maiobão, e cenário por onde passam casais apaixonados, crianças brincando e amigos se divertindo, a Praça do Viva, no bairro do Maiobão em Paço do Lumiar, tem experimentado mudanças em sua rotina. No local conhecido por proporcionar no ano passado o maior espetáculo de luzes, durante o Natal, as noites têm sido sombrias, com falhas de iluminação que reforçam outros riscos e as queixas constantes de frequentadores.

A lista de reclamações é longa, e vem crescendo: sujeira, falta de segurança, grande presença de ambulantes – que chegam a montar barracas no local – e, sobretudo, falta de ações de órgãos públicos para preservar a beleza e a tranquilidade no espaço. Às denúncias constantes sobre uso de drogas no espaço acende o alerta para a necessidade de providências. Mas ainda não houve mudanças significativas na estrutura visando a minimizar a sensação de medo dos visitantes. O que já está no campo das promessas.

O acúmulo de problemas agravado pela escuridão é comprovado por quem acompanha rotineiramente a movimentação no lugar.

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Denúncias apontam para suposto envolvimento de Fred Campos nas suspeitas de fraude em concurso público

O Ministério Público do Maranhão através, da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, começou a avançar nas investigações de denúncias feitas em relação aos concursos dos Municípios de Raposa e Paço do Lumiar, na região Metropolitana de São Luís. Nesses dois certames, por incrível que pareça, segundo fontes, a investigação não visa os gestores municipais, mas o próprio Instituto Machado de Assis, e pessoas envolvidas ligadas às lideranças políticas que têm influência no município de Raposa e pretensões políticas em Paço do Lumiar. 

A denúncia ao Ministério Público foi feita por candidatos que participaram do certame, entre os documentos entregues ao MP, há uma relação dos nomes dos possíveis candidatos classificados e aprovados, de forma suspeita e irregular, que indiciam possível fraude via acordo político.

Nota-se, inclusive, que foram constatados através de ligações (fotos, registros TSE, relações, parentesco etc.) centenas de lideranças e o mais intrigante: cidadãos próximo a esses políticos passaram nesses concursos. Ou seja, há um elo entres os "aprovados" e um grupo político que tem pretensões políticas em Paço do Lumiar.

Com a suspeita de fraude no concurso, o vereador Apolinario dos Santos Paiva Neto (PV), mas conhecido como “Puluca” também questionou o resultado do concurso. Se a fraude for confirmada, milhares de pessoas terão sido prejudicadas. Apenas o concurso de Paço do Lumiar teve mais de 60 mil candidatos.

Acompanhe o vídeo

Por enquanto, a denúncia não chegou oficialmente a Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, mas de acordo com informações o presidente da casa espera que a investigação seja rápida e completa para poder discutir o assunto em plenário.

O blog do Rilton Silva teve acesso aos documentos protocolados no Ministério Público, ás denúncias apontam o suposto envolvimento do pré-candidato a prefeito em Paço do Lumiar, Fred Campos (PRB) nas possíveis irregularidades. Em contato via WhatsAppp, Campos ficou de se manifestar a respeito das denúncias que envolve seu nome.



Para não prejudicar as investigações que estão em andamento na 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, o blog absteve de publicar os demais documentos.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Moradores dos bairros Edinho Lobão e Silvana recebem títulos de terra, em Paço do Lumiar

Na manhã deste sábado (01), o prefeito Domingos Dutra em parceria com o governador Flávio Dino entregou títulos de propriedade a moradores das comunidades Edinho Lobão e Silvana, na UEB Pão da Vida, no bairro da Vila Cafeteira, em Paço do Lumiar. A ação é um trabalho conjunto entre a Prefeitura de Paço do Lumiar e o Governo do Estado.

Os títulos de propriedade garantem cidadania e segurança jurídica aos moradores, que após décadas residindo nas áreas agora têm a posse legal do seu imóvel.

Acompanhe o vídeo: 

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Concurso Público de Raposa e Paço do Lumiar na mira do Ministério Público e dá Polícia

O Ministério Público começa a investigar denuncias feitas em relação ao concurso de Raposa e Paço do Lumiar. Nesses dois certames, por incrível que pareça, segundo fontes, a investigação não visa as gestões municipais, mas o próprio Instituto e pessoas envolvidas ligada as lideranças políticas que têm influência no município de Raposa e pretensões políticas em Paço do Lumiar. Nota-se, inclusive, que foram constatados através de ligações (fotos, registros TSE, relações, parentesco etc) milhares de lideranças e o mais intrigante: cidadãos próximo a esses políticos passaram nesses concursos. Ou seja, há um elo entres os "aprovados" e um grupo político que tem pretensões políticas em Paço do Lumiar. Como eles conseguiram?


Essa resposta cabe às autoridades, a saber, ao Ministério Público, à Polícia Civil e, se for necessário, também, à Polícia Federal. Minha opinião? Cadeia para quem participa dessas fraudes, que roubam os sonhos e usurpam a esperança das pessoas que se dedicaram, estudaram, dia e noite para passar no concurso de forma digna e honesta.

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Fred Campos encara o dilema “você não gosta de mim, mas a velha classe política gosta”


Políticos tradicionais, envolvidos em vários escândalos de corrupção em Paço do Lumiar traçam cenário perfeito com os Campos na Prefeitura em 2020, mas ele não responde nas pesquisas 

Uma vitória de Fred Campos em outubro de 2020, provocaria uma melhora na vida da velha classe política, em Paço do Lumiar. Nada mal para quem nasceu no seio da família Arôso, foi criado pelo ex-prefeito Gilberto Arôso e amamentado pela famigerada Bia Arôso. O problema é que o pré-candidato ao executivo municipal vive um dilema de ser o número um no coração e bolso dos políticos tradicionais, mas está bem longe de ser o predileto da população, pelo menos até o momento. Fred não decola nas pesquisas de intenção de voto, encomendado por ele mesmo, revela uma fonte ao blog. 

Aparentemente estagnado, o ex-vereador de Paço do Lumiar, que vira e mexe tem seu estigma relembrado — boi de piranha, por assegurar a passagem da boiada, sacrifica-se um boi já meio combalido. Esse boi é jogado na água para saciar o apetite das piranhas. E o resto do rebanho passa em segurança —, está consciente da dicotomia e se esforça para quebrar esse descasamento. 

A situação de Fred, é bem delicada, o pré-candidato já está em campanha a praticamente um ano, e nada de cair na graça do povo. Embora no PDT todo mundo diga que é cedo para levar a sério resultado de alguma pesquisa, o desconforto por Fred Campos ainda não ter decolado começa a ser evidente. 

Para reverter isso, Campos quer se tornar mais conhecido no meio evangélico, onde o prefeito Domingos Dutra (PCdoB) foi hegemônico na última eleição municipal. 

Mas a região do Maiobão também preocupa o PDT. Tradicional celeiro de votos que decidem a eleição em Paço do Lumiar, a região tem voltado suas preferências em candidatos que representam renovação na política local. 

Interlocutores informaram ao blog, que Fred Campos ainda não se filiou ao PDT, visto que, o partido já está de olho em um outro nome. Campos ainda continua nas fileiras partidária do PRB - Partido Republicano Brasileiro no qual pretende pôr em pratica seu plano B. 


Polícia conduz suspeitos de abuso sexual de 3 crianças em Paço do Lumiar

Um idoso identificado como Sebastião Nogueira, de 74 anos, residente no bairro Novo Horizonte, município de Paço do Lumiar, foi preso suspeito de abusar sexualmente de três crianças com idade de 3, 6 e 9 anos. Também foram presos os pais das crianças identificados como Josiel Gomes Brito e Elis Regina Costa Alves.

De acordo com a delegada Eunice Rubem, os pais das crianças são usuários de drogas e deixavam as vítimas com o idoso em troca de dinheiro. A suspeita é de que outras pessoas, além de Sebastião Nogueira, cometiam os abusos. O casal teve a prisão decretada por abandono de incapaz e Sebastião foi preso por estupro de vulnerável. Outros suspeitos ainda serão ouvidos.

Acompanhe o vídeo

terça-feira, 26 de março de 2019

Empresários têm prazo para devolver boxes da feira do Maiobão

A Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha proferiu decisão na qual determina que as lojas Rio Grande Comércio de Carnes (FRIBAL), Rusyleyde Lima (Lojas Torres), e E. C. Nogueira (Lojas Santa Maria) procedam à reintegração ao Município de Paço do Lumiar na posse das lojas 10, 11, e 12, que ficam no Hortomercado do Maiobão. O prazo para o cumprimento da decisão é de 30 dias, a contar da notificação. A decisão judicial tem a assinatura do juiz Manoel Matos de Araújo Chaves, respondendo pela unidade judicial, concedendo às lojas o prazo de 15 dias para apresentar contestação.

A ação teve como autor o Município de Paço do Lumiar e como requeridas as lojas Rio Grande Comércio de Carnes (FRIBAL), Rusyleyde Lima (Lojas Torres), e E. C. Nogueira (Lojas Santa Maria). Na ação, o Município requereu junto à Justiça a concessão de tutela de urgência (que é quando a decisão sai antes do final do processo) no sentido de reintegrar o Município de Paço do Lumiar na posse das lojas 10, 11 e 12 do Horto Mercado do Maiobão, ante os fatos, as provas e os fundamentos jurídicos expostos na ação.

Segundo a decisão, o Município de Paço do Lumiar alega que, em razão do cumprimento da sentença proferida em Ação Civil Pública anterior, tem envidado esforços para regularização da ocupação dos boxes da feira do Maiobão. “Informa que, durante a realização das obras de reforma, tem desenvolvido agenda de trabalho consistente no cadastramento dos comerciantes e reorganização dos pontos de venda para garantia do andamento das obras e concomitante desenvolvimento do comércio no local”, cita.

O Município de Paço do Lumiar relatou ainda que enviou notificações aos réus, em razão de irregularidades constatadas, afirmando que permanência das duas lojas na feira seria irregular, uma vez que os locais de comércio da feira se destinam à venda de produtos alimentícios e as lojas comercializam móveis e eletrodomésticos. “Quanto à FRIBAL, o autor alega que ocupa irregularmente uma área superior a mais de 6 ‘boxes’ e utiliza layout próprio, fora dos padrões da feira”, diz a decisão.

Antes de acionar a Justiça, o Município de Paço do Lumiar encaminhou notificações extrajudiciais aos requeridos, convocando-os a comparecerem à Procuradoria-geral do Município para tratar das razões de sua remoção do local, bem como para tratar da fixação de prazo razoável para saída. O representante da Loja Torres não compareceu à reunião, sendo concedido o prazo de 30 dias para saída do local, o qual, no entanto, foi descumprido. “Para a concessão de tutela de urgência, o art. 300 do CPC requer que os elementos trazidos pela parte evidenciem a probabilidade do direito vindicado e o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo. A probabilidade do direito alegado está presente. O Hortomercado do Maiobão é bem público imóvel de propriedade do Estado do Maranhão”, fundamenta o juiz na decisão.

O Judiciário verificou que em 2015, o Estado do Maranhão e o Município de Paço do Lumiar firmaram Contrato de Concessão de Direito Real de Uso, de modo que a feira passou à administração do ente municipal. “Enquanto bem público de uso especial, toda ocupação por particular deve ser precedida de permissão ou concessão de uso e, ainda assim, tem caráter precário, podendo ser rescindida a qualquer tempo. No caso dos autos, depreende-se que os réus não possuem instrumento jurídico que fundamente a sua presença no hortomercado e que a permanência deles no local se deveu à omissão do Município de Paço do Lumiar em gestões anteriores”, esclarece, ressaltando que os réus não atendem às finalidades do hortomercado e aos padrões de instalação dos boxes.

O magistrado cita que, conforme entendimento do Superior Tribunal de Justiça, a ocupação de bem público por particular não configura posse, consistindo em mera detenção. “Com efeito, além disso, em razão de decisão judicial transitada em julgado proferida em Ação Civil Pública, o Estado do Maranhão e o Município de Paço do Lumiar estão obrigados a reformarem o hortomercado do Maiobão. O interesse particular e individual de alguns, no presente caso, não pode se sobrepor ao interesse coletivo subjacente que se buscar resguardar”, fundamentou o magistrado, entendendo – ante a irregular ocupação do bem público e a oposição à ação administrativa do Município de Paço do Lumiar no exercício de sua competência constitucional – acatar o pedido de tutela de urgência”, finaliza a decisão.

Nota de Repúdio

As Entidades ligadas à Federação das Entidades Comunitárias e Similares, o Grupo Independente de Associações e Escolas Comunitárias e a União de Escolas e Creches Comunitárias vem, através desta Nota de Repúdio, esclarecer que em nenhum momento as Entidades Comunitárias mantenedoras de Escolas Comunitárias no Município de Paço do Lumiar, jamais sinalizaram nenhuma paralização, tão pouco que estejam com pagamentos atrasados. Salienta-se que na rede credenciada e conveniada através de termo de colaboração nao existem 20.000 mas na verdade 4.217 alunos atendidos nas 23 escolas do seguimento. Informamos ainda que o processo tramita em seu curso normal no tocante à repasses, trabalho contínuo e ininterrupto, reafirmando o compromisso estabelecido entre a Secretaria Municipal de Educação através da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar e as Entidades mantenedoras de Escolas Comunitárias, compromisso este sempre honrado pelo poder público com aquelas. 

Paço do Lumiar desde de 2013 vem sendo exemplo pra outros municípios que necessitam deste tipo de parceria para atender crianças de 0 a 5 anos, garantindo acesso a escola e a educação de qualidade. 

Não podemos de forma nenhuma deixar que este legado e esta honrada parceria seja maculada por factóides e sem nenhum resquício de verdade.

Respeitosamente, 

•Associação dos Moradores da Vila Residencial Resindcial Nova Canaã:
Escola Comunitária Nova Canaa 
•União dos Moradores da Vila São José: 
Escola Comunitária Adilson Moraes 
•Associação dos Moradores do Residencial Eugênio Pereira:
Escola Comunitária Eugênio Pereira
•União dos Moradores do Parque Bob Kennedy: 
Escola Comunitária Vereador Almeida
•Associação das Donas de Casa do Conjunto Rosana Sarney: 
Escola Comunitária Mickey Mouse
•Associação Comunitária Lateamento Presidente Vargas: 
Escola Comunitária Nova Esperança
•União de Moradores do Porto do Mocajutuba:
Escola Comunitária Santa Maria
•Associação Beneficente Raio de Luz:
Escola Comunitária Raio de Luz
•Associação dos Moradores do Conjunto Maiobão:
Escola Comunitária Pingo de Gente
•União de Moradores da Agrovila Pedro Careca:
Escola Comunitária Tia Marly
•Clube de Mães Sagrada família:
Escola Comunitária Sagrada família
•Associação Príncipe Menor:
Escola Comunitária Príncipe Menor
•Sociedade Beneficente São Raimundo:
Escola Comunitária Lourdes Barroqueiro
•Associação Cultural e Desportiva do Residencial Pirâmide:
Escola Comunitária professor Cidinho Marques
•Grupo Assitencial São Vicente:
Escola Comunitária São Vicente
•União dos Moradores da Maioba:
Escola Comunitária ABC
•União dos Moradores do Alto da Esperança:
Escola Comunitária Alto Da Esperança
•União dos Moradores do Conjunto Residencial Pirâmide:
Escola Comunitária Conceição Costa
•Associação de Moradores da Vila São José II:
Escola Comunitária Criança Feliz
•Clube de Mães da Vila São José e Adjacências:
Escola Comunitária Padre Maurice Lacroix
•Associação Beneficente dos Moradores do Porto do Mocajutuba, Surutitiu e Pedrinhas:
Escola Comunitária Sonho de Criança
•Clube de Mães do Residencial Carlos Augusto:
Escola Comunitária Tia Dalva
Centro de Ação Social Francesco Ausânia: 
Escola Comunitária Vovô João

sexta-feira, 1 de março de 2019

Governo avança na instalação de placas limítrofes dos municípios da Grande São Luís

As fronteiras entre os municípios que estão localizados na Ilha de São Luís já começam a ser delimitadas pelo Governo do Estado. Um projeto, executado pela Agência Executiva Metropolitana (AGEM), está colaborando na resolução de um problema histórico da Grande São Luís, que é definir os pontos limites entre os quatro municípios da região (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa).

As placas de delimitação das divisas dos municípios já avançam para a finalização da primeira etapa, que corresponde a uma vistoria nos bairros Vila Luizão e Santa Rosa, ambos entre São Luís e São José de Ribamar.

Com isso, a proximidade da conclusão da primeira etapa, as equipes já iniciaram a vistoria seguinte, ainda entre São Luís e São José de Ribamar, que abrange a instalação de placas limítrofes nos bairros Bom Jardim, Parque Vitória, Canudos, Terra Livre, Alto Itapiracó, Trizidela, Cohatrac, Jardim das Margaridas e Estrada da Maioba.

De acordo com o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa, os pontos que fazem limites entre São Luís/São José de Ribamar; São José de Ribamar/Paço do Lumiar e Paço do Lumiar/Raposa receberão placas indicativas. “Todas contam com coordenadas geográficas, para que a posição possa ser identificada com GPS”, revela Lívio Corrêa.

O presidente da Agem destaca, ainda, que a instalação das placas de identificação territorial dos municípios vai colaborar para resolver o problema de cobrança de impostos, visto que os limites municipais estarão bem definidos.

Há situações em que, em uma mesma casa, chegam boletos de São Luís e de São José de Ribamar. Isso se torna um problema para os moradores e, também, para o repasse de verbas estaduais e federais”, destacou.

Próximas etapas

Após a finalização da vistoria na Estrada da Maioba, o projeto segue para a uma segunda área, que corresponde aos bairros limites entre São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

Loja Raiuga é interditada no bairro do Araçagi, em Paço do Lumiar

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda e Blitz Urbana, interditou nesta sexta-feira(01) a loja Raiuga na avenida dos Holandeses, no bairro Araçagy. 

Segundo o Coordenador da Blitz Urbana e chefe do setor de fiscalização tributária da SEMFAZ, Eugenio Luiz Kreutz, o que motivou a ação foi a falta de alvará de funcionamento do estabelecimento. 

"A Raiuga não possuía a documentação necessária para seu efetivo funcionamento. Quando uma obra é iniciada ela precisa de licença para obras, depois que a obra termina ela necessita de "habite-se", que regulamenta se aquele edifício está pronto para ser habitado/usado. Após o habite -se, a empresa deveria recolher as taxas de alvará de funcionamento e de vistoria. Por fim, todos esses tributos são municipais e não foram recolhidos" explicou o coordenador.


Antes da interdição a empresa foi intimada, mas não se regularizou, ignorando o prazo legal estabelecido pela secretaria, o que levou a interdição, como medida de exceção. Todas as infrações cometidas estão tipificadas, nos códigos de postura, de obras e tributário municipal, sendo assim, a loja permanecerá de portas fechadas, até que todas as taxas e multas sejam pagas e uma nova vistoria seja realizada. 

O proprietário do estabelecimento não estava no local, mas de acordo com o Secretário Municipal de Fazenda, Flávio Estrela, por telefone o empresário pediu mais um prazo, que foi negado. "Nós estamos aqui para o cumprimento da lei, a loja teve todas as oportunidades para se regularizar e mesmo assim não o fez, a medida foi necessária, para que haja de fato, interesse dos responsáveis pelo estabelecimento, em resolverem a questão e providenciarem a documentação exigida, continuaremos as fiscalizações e não iremos mais tolerar, quem tenta burlar a lei" disse o Secretário.